Sua saúde

“Cérebro em pane” e mais 6 razões que fazem uma pessoa ficar com pupilas dilatadas

“Cérebro em pane” e mais 6 razões que fazem uma pessoa ficar com pupilas dilatadas
Esse texto foi útil para você?

Diariamente, podemos perceber algumas variações de nossas pupilas. Geralmente quando acordamos elas estão aumentadas, isso ocorre por que elas permaneceram por um longo tempo sem receber luminosidade. Já em locais muito escuros, elas se dilatam para que possamos enxergar as imagens com mais clareza.

No entanto, há outras situações “biológicas” que causam a dilatação da pupila. Nossos olhos dizem muito sobre o que se passa com você. O site PsyBlog, fez uma listinha sensacional para que possamos saber o que se passa com uma pessoa quando a pupila está dilatada!


 A pessoa pode estar pensando muito!

Durante uma prova que exige concentração e raciocínio, geralmente as pupilas ficam bastante dilatadas. O mesmo acontece quando faz uma pergunta difícil e começamos a penar na resposta, nossas pupilas ficam imediatamente dilatadas. Isso acontece porque quanto mais seu cérebro trabalha, mais suas pupilas se abrem.

 Há algo errado com o cérebro

Já observou que toda vez que o médico vai examinar alguém que está desmaiado ou em convulsão, ele vai direto examinar os olhos? Na verdade, ele está examinando as pupilas. Quando o médico joga a luz no olho do paciente, ele espera uma resposta imediata de contração das pupilas, elas devem estar iguais, circulares e reagentes à luz. Se a pupila se mantém dilatada, há algo errado com o cérebro.

 Há alguma coisa prendendo a atenção

Uma boa dica para saber se a pessoa está verdadeiramente interessada no que você está dizendo, basta olhar as pupilas. Se estiverem dilatadas é sinal de que o assunto está prendendo a atenção da pessoa. Quando despertamos interesse por alguma coisa, seja imagem, paisagem, conversa, as pupilas sempre dilatam.  Em um estudo realizado em 1977, um grupo de voluntários ouviram três livros: um erótico, um envolvendo mutilação e um neutro. Eles ficaram com as pupilas dilatadas apenas quando ouviram as histórias eróticas e as violentas.

 A pessoa está sentindo dor

Quando uma pessoa sente uma dor repentina, as pupilas imediatamente dilatam. Se você bate o dedinho no canto da mesa, é quase instantâneo que elas se abram. É uma forma de clarear sua visão e chamar sua atenção para o perigo.

 A pessoa está sexualmente excitada

Para saber se uma pessoa está verdadeiramente excitada, observe suas pupilas. Geralmente, a pupila dilatada é um dos primeiros sinais de excitamento sexual e acontece da mesma forma tanto em homens quanto em mulheres.

 A pessoa pode estar chocada com alguma situação

Neste a caso, a dilatação das pupilas acontece assim que a pessoa vê uma situação que a deixa chocada, um assalto, por exemplo. Assim que pessoa se assusta com a situação, suas pupilas prontamente respondem ficando dilatadas. É como se o cérebro dissesse: “olhe, preste atenção, há algo errado ali”.

 A pessoa usou drogas

Normalmente, essa é a razão mais conhecida sobre a dilatação das pupilas. Isso porque, drogas como a anfetamina, a cocaína, o LSD e a mescalina deixam as pupilas bastante dilatadas. Mas atenção, pois as pupilas contraídas também pode ser sinal de uso de drogas. O álcool e drogas derivadas do ópio contraem as pupilas.

Leitura recomendada:  Por que nossas pupilas contraem e dilatam?

megacurioso / PsyBlog
ATENÇÃO  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.

Novidades

Topo