Sua saúde

Sua gengiva anda sangrando durante a escovação? Seu coração pode estar em risco, fique ligado!

A endocardite é uma infecção grave que ocorre no tecido chamado endocárdio que faz o revestimento interno do coração. Ela surge quando alguma bactéria ou fungo de alguma parte do corpo entra na corrente sanguínea e se espalha chegando ao tecido do coração.

Em nosso coração existem válvulas que impedem a volta do fluxo de sangue mantendo ele sempre na mesma direção, quando esses microrganismos infectam essas válvulas a doença pode danificar e destruir esses tecidos levando a sérias complicações para o resto da vida.


A principal causa da endocardite é a infecção por microrganismos através da corrente sanguínea, principalmente quando no ato da escovação os dentes e gengivas não estão saudáveis e ocorrem sangramentos, outras áreas com infecções, como na pele, intestino, agulhas contaminadas e procedimentos dentais que causem cortes nas gengivas, tudo isso pode levar uma pessoa a ter a endocardite se não for tomado os devidos cuidados.

Normalmente, as pessoas que apresentam um coração saudável e nenhum tipo de doença preexistente nos tecidos do coração não apresentam fatores de risco relevantes, porém aquelas pessoas que possuem doenças cardíacas, válvulas artificiais, defeitos congênitos, além disso, apresentam cáries e problemas nas gengivas devem tomar muito cuidado, pois são os mais afetados pela doença.

Relação dentes X endocardite

Outro fator que aumenta as chances de desenvolver a doença é a presença de cáries. Sabe-se que os procedimentos para tratamento da cárie podem causar a passagem das bactérias para a corrente sanguínea. Estas bactérias, por sua vez, podem causar endocardite em pessoas predispostas. Algumas doenças periodontais, como gengivite e periodontite, também aumentam o risco de endocardite. A gengiva deve ter coloração rósea claro, não sangrar quando escovar os dentes, não apresentar inchaço e ter boa aderência aos dentes. Se a pessoa tem algum problema cardíaco deve procurar um dentista regularmente e apresentar boa higiene oral.

Fontes: minhavida / incor /socesp Artigos: Romain MD et al / MM. Barbosa et al  Imagens: dreamstime

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.