Sua saúde

Seu estômago vive roncando, mesmo quando você não está com fome? Você pode estar com problemas sérios

Seu estômago vive roncando, mesmo quando você não está com fome? Você pode estar com problemas sérios
Esse texto foi informativo para você?

Normalmente, os roncos do estômago são inofensivos. Eles acontecem quando os movimentos peristálticos chacoalham o líquido digestivo e o ar presente no estômago. Algumas pessoas têm mais tendência desencadear estes ruídos, mas isso não significa que seja um problema. O ronco no estômago, seja de fome ou recorrentes da digestão, são contrações fisiológicas, naturais e involuntárias. O nome científico disso é borborigmo.

Quando temos fome, costumamos ouvir muitos desses borborigmos vindo do abdome e desde que nascemos, sabemos que isso é supernormal. No entanto, os gastroenterologistas alertam: ter o estômago roncando o tempo todo não é bom sinal e deve ser motivo de preocupação.


Borborigmos muito frequentes, ou acompanhados de arrotos, flatulências e inchaço abdominal, pode denunciar problemas com a digestão. Contudo, as causas podem ser muitas:

Você está comendo muito rápido

Fazendo isso, você está engolindo ar junto com os alimentos. Quando a comida está sendo digerida esse ar se assenta sobre o alimento e obriga a válvula superior do estômago a abrir, provocando a eructação e as contrações barulhentas.

Anda comendo alimentos contaminados

Alimentos contaminados por bactérias também liberam o ar durante a digestão. Como a comida passa do estômago “fora do processo normal” para o intestino, pode provocar o ruído incômodo. É bom verificar isso, pois, nestes casos você pode estar prestes a sofrer uma intoxicação alimentar.

Síndrome do Intestino Irritável

O borborigmo pode ser um sinal de que a Síndrome do Intestino Irritável (SII) acometeu seu organismo. Esse tipo de distúrbio intestinal provoca vontade frequente e por vezes incontroláveis de fazer cocô. Há contrações desordenadas dos intestinos, diarreia alternada com prisão de ventre, inchaço abdominal, e o “ronco”.

Ruptura ou estrangulamento do tubo digestivo

Isso causará uma  parada total dos movimentos intestinais que costumam causar barulhos na região. Normalmente ocorre primeiro uma hiperatividade  de borborigmos, seguida, então de uma forte constipação. Vá ao médico, porque isso é bem grave!

Apesar de todos estes alertas, os médicos garantem que normalmente os borborigmos são mesmo resultado de estômago vazios, ou gases comuns da digestão. Só alertam para que relacione diarreias, constipação, arrotos aos ruídos. Aí sim, vá ao médico.

Fonte: fortissima / vix

Novidades

Topo