Alimentação

Estes 16 conselhos que professores de medicina de Harvard dão para você podem mudar sua vida para sempre!

Professores da Harvad T.H. Chan, School of Public Health publicaram alguns conselhos indispensáveis para que você mantenha ou adquira saúde ao longo da vida, usando atitudes práticas no dia a dia.  No entanto, as dicas a seguir perfeitamente possíveis de serem empregadas no cotidiano de qualquer pessoa, mesmo aquelas que precisam passar o dia fora de casa.

Além das dicas alimentares, dicas de bem-estar irá prevenir que você pegue uma adquira doenças.


Comer uma laranja por dia: A vitamina C presente na laranja é essencial para o bom funcionamento do sistema imunológico, prevenindo doenças e infecções. Ela também melhora a absorção de ferro pelo organismo, mineral cuja deficiência provoca anemia. “Comer” a laranja significa também ingerir o bagaço, isso irá deixar seu intestino funcionando feito um reloginho.

Salpicar canela no café ou no leite quente: Fazer isso vai aliviar muito seus problemas digestivos como gases, problemas espasmódicos e para tratar a diarreia devido ao seu efeito antibacteriano, antiespasmódico e anti-inflamatório.

Trocar o pão branco pelo pão integral: O pão integral tem 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais ferro que tem o pão branco. Além disso, as fibras do pão integral promovem uma sensação de saciedade pois dão origem a cobertura da mucosa estomacal, desacelerando o esvaziamento gástrico e o processo digestório como um todo. Isso ajudará a emagrecer!

Cozinhar os vegetais por menos tempo e mastiga-los por mais tempo: Isto aumenta a quantidade de radicais químicos anticancerígenos liberados no corpo. Mastigar liberta sinigrina. E quanto menos se cozinham os vegetais, melhor efeito preventivo têm. A sinigrina, é um sal potássico encontrado nos vegetais que parecem oferecer proteção frente a alguns tipos de câncer.

Adotar a regra dos 80%: Quando for servir seu prato, coloque 20% menos comida que costuma comer. Além de favorecer seu emagrecimento, vai evitar transtornos gastrintestinais, prolongar a vida e reduzir o risco de diabetes e ataques de coração.

Fazer refeições coloridas: Passar a comer, todos os dias, uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, verde, roxo e branco em frutas e vegetais, cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.

Comer massas sempre com molho de tomate natural: Esqueça o molho branco. Comer molho de tomate no macarrão e na pizza fará você ingerir mais licopeno do que de costume. O Licopeno, é um antioxidante que, quando absorvido pelo organismo, ajuda a impedir e reparar os danos às células causados pelos radicais livres.

Comer uma banana bem madura por dia: Um estudo comprovou que quanto mais as bananas estejam maduras, maior o nível de antioxidantes concentrados em sua polpa. E tem mais, quando ela já tão madura que sua casca esteja com manchas escuras, o conteúdo de amido muda para açúcares simples, que são mais fáceis para digerir.

Beber uma xícara de chá verde por dia: O chá verde tem altas taxas de antioxidantes que o chá verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminuirá o risco de doenças coronárias. Cientistas israelenses também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.

Nunca dispensar a salada dentro do seu sanduíche: Proibir as pessoas de comer sanduíche não é a ideia aqui. Ao invés disso, inclua em todos os seus sanduíches, fatias de tomate, alface, cenoura ralada ou outro vegetal que você goste.

Não picar os vegetais por antecipação: Aquele hábito de deixar os vegetais já picados para facilitar o almoço está errado. Os vegetais ou frutas frescas devem ser cortados e descascados na hora em que forem consumidos. Isso aumenta os níveis de nutrientes. Sucos de fruta têm que ser tomados assim que são preparados.

Troque sua escova de dentes a cada 4 semanas: Essa dica vale mesmo se sua escova ainda tem as cerdas firmes. Por mais que você limpe e lave sua escova, diversos tipos de bactérias e fungos vão conseguir sobreviver nas cerdas. Faça a troca também depois de ter uma doença viral ou bacteriológica. Estes micro-organismos podem se alojar nas cerdas e causar a reinfecção.

Fazer palavras cruzadas e/ou sudoku:  Estudos mostram que este tipo de passatempo pode rejuvenescer o cérebro até 14 anos nas pessoas idosas, por exercitar o cérebro e fazê-lo funcionar como na juventude. Os jovens que fazem palavras cruzadas têm o raciocínio mais ágil e a atenção mais focada. Além disso, esses exercícios enriquecem o vocabulário.

Ter um animal de estimação: As pessoas que não têm animais domésticos sofrem mais de estresse e visitam o médico regularmente, dizem os cientistas da Cambridge University. Os pets fazem você sentir-se otimista, relaxado e isso baixa a pressão do sangue. Até um peixinho dourado pode causar um bom resultado.

Pensar positivamente, sempre: Pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que os pessimistas, que, além disso, pegam gripes e resfriados mais facilmente, são menos queridos e mais amargos.

Sempre seja grato pelas coisas: Um artigo publicado na NeuroImage revelou que que pessoas que costumam expressar gratidão passam por modificações positivas no cérebro. E tem mais, exercitar sua gratidão por meio da escrita, faz com que seu cérebro fique ainda mais condicionado a ser grato, trazendo com isso benefícios e bem-estar pela liberação de hormônios.

Nunca é tarde para começar. Fica a dica!

Fonte: harvard    Imagem: prezi

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Novidades

Topo