Animais

Agora mais essa: estudo revela que em uma única picada o Aedes pode transmitir zika, dengue e chikungunya



Atenção: Os estudos relatados aqui não são de responsabilidade do Diário de Biologia. O autor do texto está divulgando os trabalhos científicos de especialistas. Tais estudos, nem sempre condizem com a absoluta e definitiva verdade.

Quando a coisa não vai bem e ainda pode piorar! Um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade Estadual do Colorado e publicado na na revista ‘Nature Communications‘, revelou algo preocupante a respeito do nosso bem conhecido amigo Aedes aegypti. Ao que parece o mosquito tem a capacidade de transmitir múltiplos vírus em uma única picada, como os da dengue, zika e chikungunya.

Os pesquisadores ainda não compreenderam totalmente o mecanismo de transmissão de múltiplos vírus. No entanto, este comunicado já dá uma luz sobre o que intrigava os médicos: coinfecção – quando uma pessoa é atingida por duas ou mais doenças ao mesmo tempo.


Os pesquisadores, infectaram mosquitos em laboratório com os três tipos de vírus, depois realizaram testes para verificar qual a taxa de transmissão. Apesar de terem certeza que uma única picada de um mosquito contaminado por duas ou mais viroses pode transmitir as doenças para um ser humano, eles dizem ainda não há uma razão para acreditar que uma coinfecção possa ser mais grave do que ser atingido por um só vírus.

Apesar de isso parecer alarmante, Claudia Ruckert, pós-doutora do laboratório de doenças infecciosas e artrópodes da CSU explicou que a transmissão dos três vírus simultaneamente é mais raro. Contudo, infecções de dois vírus, no entanto, são bastante comuns, ou mais comuns do que poderíamos imaginar.

Nas próximas etapas do estudo, os pesquisadores querem  tentar descobrir se algum desses vírus é dominante e consegue “superar” os outros dentro do organismo dos mosquitos.

Fonte: globo   Imagem:

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.