Anomalias e doenças

Viver próximo a rodovias pode detonar sua saúde da mesma forma que fumar 10 cigarros por dia, diz estudo

Você passou a vida inteira evitando cair no vício do fumo, ensinou aos seus filhos que fumar é perigoso, mas comprou uma casa nova próximo a uma avenida movimentada da cidade.  Errou feio! Cientistas holandeses, publicaram um estudo no Journal of Environmental Research, onde revelam uma análise comparativa dos efeitos do tabagismo e a vida próximo a ruas movimentadas, como rodovias e avenidas. Os resultados não são animadores, pois os pesquisadores acreditam que as partículas de poluição liberadas pelo tráfego de carros podem estar por trás de um grande problema.

A equipe concluiu que ter uma casa ou trabalhar próximo a rodovias onde trafegam muitos veículos diariamente pode ser tão prejudicial quanto fumar passivamente 10 cigarros por dia. Ao seja, onde você mora pode influenciar gravemente nas suas chances de contrair doenças cardíacas, problemas respiratórios e câncer de pulmão. A pesquisa também revelou que a poluição causa cerca de 4.500 nascimentos prematuros por ano. Para Saskia van der Zee, uma das autoras do projeto, comparar os efeitos da poluição ao fumo passivo provocaria a compreensão dos riscos pelos políticos e pelo público. “Eles têm o mesmo efeito sobre a saúde, mas é muito mais fácil conseguir uma proibição para o cigarro do que uma para a poluição do ar”.


Enquanto isso, na Grã-Bretanha o Royal College of Physicians adverte que a poluição do ar mata 40.000 pessoas por ano. Segundo este último estudo, a Grã-Bretanha está prestes a enfrentar uma calamidade na saúde se os carros a diesel não forem imediatamente retirados das estradas.  Diversas evidências associam os impactos de saúde com o dióxido de nitrogênio e minúsculas partículas de fuligem emitidas por motores a diesel. Estas toxinas, quando adicionadas à poluição de fábricas, podem criar uma fumaça mortal. Os cientistas concluíram que um veículo com motor típico a diesel emite dez vezes mais dióxido de nitrogênio do que um equivalente movido a gasolina.

Um estudo diferente realizado por cientistas da Universidade de Brown ( EUA) e publicado no Jornal americano “Heart Association” ,  alerta que viver perto de uma Rodovia, é tão prejudicial para o coração quanto a obesidade e o cigarro, e podem pode aumentar o risco de ter hipertensão arterial, sendo considerado um dos problemas mais importantes de saúde pública, principalmente nos países desenvolvidos.

Fonte: thesun /  clinicavazmed / dailymail 
/ jornalciencia
Imagens: Reprodução/band.uol / oglobo
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.