Anomalias e doenças

Pessoas que se preocupam muito com doenças têm mais predisposição a ficarem doentes, diz estudo

Algumas pessoas denominadas hipocondríacas, que tem um cuidado extremamente exagerado com a saúde, podem estar expostas a contrair mais doenças. Pesquisadores da Noruega descobriram que os hipocondríacos ou aqueles que tem “transtorno de ansiedade com a saúde” apresentam das vezes mais chances de ter um ataque cardíaco ou sentir dores no peito do que aquelas pessoas que não se preocupam muito com sua condição física.

Mais de 7.000 participantes tiveram seus dados médicos analisados no Estudo de Saúde Norueguês Hordaland. Foram examinadas as condições de saúde dos participantes ao longo de 13 anos e foi feita a avaliação dos níveis de ansiedade e preocupação com a saúde. Além disso, foram realizadas medidas de altura, peso, pressão arterial e exames de sangue.


Após essa avaliação, as pessoas que apresentavam maior ansiedade com a saúde corriam risco 70% maior de apresentar doenças cardíacas. Esse pode ser um passo importante do diagnóstico precoce nesses casos de ansiedade em relação à saúde. Apesar disso, alguns fatores como etnia, cor e raça não foram levados em conta e podem exercer influência sobre o risco de ocorrência de doença cardíaca.

Pessoas hipocondríacas tem um cuidado extremamente exagerado com a saúde.

O cortisol, hormônio relacionado a casos de ansiedade grave, já foi ligado a problemas do sono, ganho de peso e perda de memória. Portanto, esse estudo traz diversas evidências de que a saúde física e a saúde mental estão completamente interligadas.

Fonte: super.abri
Imagens: Reprodução/ diariolasamericas ./ infosalus

Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Comentários

Novidades

Topo