Alimentação

Perda de paladar e olfato pode ser sinal de doença. Fique alerta!

“Gostaria de saber se existe tratamento para a pessoa que está perdendo o paladar e o olfato?” [Daniel Nascimento]

Daniel, a perda do olfato, também é chamada de anosmia. Ela pode ser tanto um problema independente ou um sintoma de outra complicação na saúde. Esse problema pode permanecer por pouco tempo, por exemplo, durante um resfriado, ou por tempo permanente. Sendo que ela pode ser parcial ou completa. A irritação ou a destruição das membranas mucosas que revestem o interior do nariz é a causa da perda do olfato. E isso pode acontecer devido: sinusite aguda, resfriado comum, rinite alérgica, gripe, rinite não alérgica. Dentre as causas menos comuns estão: deformidades ósseas dentro do nariz, pólipos nasais, tumores.


Danos no cérebro ou nos nervos também podem ser a causa, já que o sistema olfativo contém receptores no revestimento da mucosa nasal que enviam informações através dos nervos para o seu cérebro. Ocorre a perda olfativa caso qualquer parte da via olfativa seja danificada ou destruída. As causas são: doença de Alzheimer, aneurisma cerebral, cirurgia cerebral, tumor cerebral, exposições químicas a determinados inseticidas ou solventes, diabetes, desnutrição, doença de Parkinson, lesão na cabeça, fumo, entre outras causas.

A perda do olfato devido a resfriados, alergias e sinusites desaparecem por conta própria. Caso isso não ocorra, é importante procurar um especialista. O diagnóstico é feito através de perguntas específicas, raio-x do crânio, endoscopia nasal, ressonância magnética ou tomografia computadorizada no cérebro, exame de sangue a fim de detectar alguma carência vitamínica, teste para ver se a pessoa consegue sentir determinados odores.

O tratamento vai depender da causa. Se a causa for, resfriado, gripe, alergia ou sinusite, será passado: descongestionantes, anti-histamínicos, sprays nasais esteroides, antibióticos, conselho para reduzir a exposição a substâncias que causam alergia e parar de fumar. Caso o problema esteja ocorrendo devido a uma obstrução da passagem nasal, o tratamento envolve cirurgia para retirar o que estiver levando a esta obstrução.

No caso do paladar, a sua perda, também é chamada disgeusia e esse termo significa distorção ou diminuição do paladar. E isso pode implicar em pouca sensibilidade do paladar, até a perda completa. O mais comum é a distorção do paladar, ou seja, paladar alterado ou sentir sempre gosto metalizado. É mais rara a total perda do sentido do gosto.

O paladar normalmente diminui depois dos 60 anos, sendo acometida primeiramente a alteração do salgado e doce. Outros fatores também podem influenciar na sensibilidade do paladar. São eles: infecções nas glândulas salivares, resfriado, paralisia facial, infecção nasal, sinusite, faringite, fumo, deficiência de vitamina B12 ou zinco, uso de alguns medicamentos, como antitireodianos, captopril, griseofulvina, lítio, penicilina, procarbazina, rifampin.

O diagnóstico é feito através de perguntas específicas ou exames mais complexos, como tomografia para avaliar possíveis alterações nos seios da face ou parte do cérebro que controla o olfato. O tratamento não é específico. Na verdade o que será tratado é a causa subjacente. Por isso a importância de procurar um especialista o quanto antes.

 

Fontes: minhavida / minhavida2 / sulla-salute
Imagens: Reprodução/ movenoticias / ehow

Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Comentários

Novidades

Topo