Curiosidades

Invenção de R$0,60 pode revolucionar a Medicina nos países em desenvolvimento [vídeo]

Recentemente lançada, uma invenção que custa aproximadamente R$0,60 pode revolucionar a medicina e levar melhorias de saúde a diversos países pobres e sem infraestrutura, salvando milhares de vidas. A invenção foi batizada de Paperfuge, junção de paper (papel) e centrifuge (centrífuga).

O Paperfuge foi criado por pesquisadores da Universidade de Stanford. Entre os inventores, o Professor de bioengenharia, Manu Prakash, tem como linha de pesquisa a criação de soluções baratas para melhorar a saúde dos países pobres.

O Paperfuge tem custo de 20 centavos de dólares (perto dos 60 centavos de reais) e pode ter grande impacto no mundo devido a sua função.

Um dos aparelhos essenciais para detecção de vírus é a centrífuga. Algumas doenças como AIDS e malária podem ser detectadas depois da utilização da centrífuga, entre outras aplicações médicas.

A utilização da centrífuga demanda espaço, eletricidade e investimento em dinheiro. Aproximadamente 1 bilhão de pessoas vivem em condições precárias, sem acesso à energia, infraestrutura, estradas e assistência de saúde. A invenção poderia salvar muitas dessas pessoas.

Mas afinal, o que esse Paperfuge faz?

Esse apetrecho substitui o trabalho das centrífugas, ao separar o plasma do sangue. Ao inserir um tubo fino de vidro com sangue e manusear o aparelho, o conteúdo gira a uma grande velocidade. Alguns testes já demonstraram que o tubo pode girar até 125.000 rpm (rotações por minuto). Para comparação, uma centrífuga profissional gira a 15.800 rpm.

Veja abaixo um vídeo (em inglês) sobre o Paperfuge.

Fonte: super.abril
Imagens: Reprodução/ moedasdobrasil / super.abril

 

Comentários

Novidades

Topo