Estudos e pesquisas

Descubra como e porque nascem plantas nos fios da rede elétrica





“Gostaria de saber porque nascem essas plantas nos fios elétricos da minha região.” (Marcelo Dornelles)

Olá Marcelo! Existem algumas plantas que não precisam de terra para sobreviver. Essas plantas são chamadas epífitas, e as mais conhecidas são as bromélias e orquídeas. As plantas epífitas dependem das outras plantas para se fixarem, utilizando-as como suporte. Além disso, essas plantas possuem mecanismos para absorver nutrientes e água sem precisar do solo.


Devido a essa capacidade de viverem longe do solo, as epífitas surgem em lugares diversos, como a copa e tronco de árvores, rochas e até mesmo fios da rede elétrica. Nesses fios, as plantas mais comuns são as bromélias do gênero Tillandsia. Elas possuem tricomas na superfície das folhas, uma espécie de pelo modificado que retiram do ar e da poeira a água e os necessários para a sobrevivência. Esses tricomas também podem auxiliar na redução da radiação solar, evitando a perda de água.

Além disso, em ambientes mais secos, essas plantas realizam a fotossíntese de uma maneira diferente. Elas abrem os estômatos para absorver o dióxido de carbono somente durante a noite, o que também diminui a perda de água. Mas como essas plantas chegam até os lugares altos, como os fios elétricos? Elas possuem sementes leves que voam longas distâncias em um processo conhecido como anemocoria (dispersão através do vento).

Apesar de todas essas modificações fisiológicas, há alta taxa de mortalidade e baixa taxa de crescimento de novas plantas nesses locais.

Fonte: cienciacomlaor / Profª Ingrid Koch (Departamento de Biologia – UFSCar Sorocaba)
Imagens: Reprodução/ g1.globo / asnovidades
Comentários

Novidades

Topo