Anomalias e doenças

Atenção mamães: partir de 2017 meninos de 12 e 13 anos também receberão vacina contra HPV



O Ministério da Saúde anunciou que a partir de 2017, meninos de 12 a 13 anos também receberão a vacina contra o HPV. O plano do governo é ampliar a faixa etária até 2020, para que a vacinação seja oferecida a meninos dos 9 aos 13 anos, assim como o que acontece com as meninas desde 2014.

Os subtipos do vírus HPV se relacionam a quase todos os casos de câncer no colo de útero, o que explica a vacinação começar com o sexo feminino. No entanto, o vírus também está relacionado a cânceres de pênis, ânus e boca, tornando necessária a imunização do sexo masculino. O HPV também pode provocar lesões pré-cancerosas, que podem se transformar em um câncer.


O objetivo da vacinação nessa faixa etária é proteger as crianças antes do início da vida sexual, antes de serem expostas ao vírus. Para aqueles que são sexualmente ativos a efetividade é menor, pois os jovens que já iniciaram a vida sexual podem ter tido contato com o vírus antes de tomar a vacina.

25042011ef19306a-vacinacao-elza-fiuza-abr

Quanto mais cedo a vacina for tomada, melhor.  A vacinação precoce é válida tanto para imunização pré-infecção, mas também porque quanto mais cedo, melhor é a resposta à vacina. A população já contaminada pelo HPV também pode ter benefícios com a imunização, porque ele existe mais de um tipo de vírus. Assim, a imunização protege de vírus que ainda não entraram em contato com o organismo.

Fonte: bbc
Imagens: Reprodução/ ebv
Comentários

Novidades

Topo