Depoimento: “A maneira inusitada em que descobri que sou diabética”

“Nunca aparentei qualquer problema de saúde, sou jovem, com peso adequado à altura e à idade. Mas algo em especial chamou minha atenção: no lixo do banheiro da minha casa estava sempre com formigas. Isso foi me chamando a atenção. Troquei a lixeira, passei a colocar desinfetantes dentro da lixeira, mas elas estavam sempre lá. Comecei a pesquisar sobre o assunto e descobri no site Diário de Biologia que quando formigas passeiam pelo vaso sanitário, pode ser um indício de que alguém na casa está com Diabetes. Logo pensei: Elas não estão no vaso, mas na lixeira, onde eu deposito o papel higiênico sujo com a minha urina e sangue de menstruação. Procurei um médico e não deu outra: Minha glicose estava muito acima do valor aceitável (ultrapassava 200 mg/dL). Iniciei imediatamente o tratamento”. (Leitora anônima)

Este depoimento nos foi enviado por uma leitora depois de ler nosso texto sobre a presença de formigas no vaso sanitário (Preste atenção! Ter formigas passeando pelo vaso sanitário pode ser um indicativo de que alguém na sua casa está com diabetes!).

De fato, antigamente o diabete mellitus era diagnosticado assim, já que os médicos da época experimentavam a urina dos pacientes para descobrir algumas doenças. Dessa maneira perceberam que o sabor de algumas urinas era adocicado e por isso a doença recebeu também a palavra mellitus (doce). Eles também observavam se formigas ou abelhas eram atraídas pela urina dos pacientes. Ainda hoje, com tantos recursos tecnológicos, ainda é certo desconfiar de formigas e abelhas nos lixos do banheiro. É também motivo de preocupação ver formigas vagando sobre calcinhas e cuecas sujas, sobre os papeis sujos de menstruação e esperma.

how-to-get-rid-of-ants-in-the-bathroom-02

Mas atenção: A glicose na urina irá aparecer não só nos diabéticos descontrolados (que não estão fazendo o controle na alimentação e/ou usando os medicamentos corretamente), mas também em alguns casos onde ocorre alteração no limite de reabsorção da glicose pelos rins, como na gravidez e no uso de alguns medicamentos.

Fonte: diariodebiologia
Imagens: Reprodução/ mundointrigante / sweethomedesignideas