Animais

Nasceram os primeiros cães gêmeos monozigóticos de que se tem registro no mundo!

O veterinário   Kurt de Cramer, do Rant en Dal Animal Hospital, da África do Sul, ficou bastante surpreso ao fazer o parto de uma cadela da raça lébrel irlandês.  Pela primeira vez de que se tem registro, uma cadela deu à luz aos primeiros filhotes gêmeos idênticos.

Literatura prévia já registra o nascimento de cavalos e porcos univitelinos, ou seja, gêmeos provenientes da fecundação de um único óvulo. Mas o fenômeno  parece ser extremamente raro na maioria das espécies, exceto seres humanos e tatus. No caso dos filhotes de cães, é um acontecimento nunca registrado antes e, portanto, para a comunidade científica, trata-se do primeiro caso no mundo. O que é sensacional!

Quando percebi que os filhotes eram do mesmo sexo e tinham marcas muito semelhantes, eu imediatamente suspeitei que poderiam ser gêmeos idênticos originados da divisão de um embrião” disse Cramer orgulhoso. No entanto, examinando com mais afinco percebeu que os animais tinham marcas um pouco diferentes em suas patas, ponta da cauda e peito. Então, com duas semanas de idade Cramer colheu amostras de sangue e enviou  para os cientistas reprodutivos Carolynne Joonè, da Universidade James Cook (Austrália), e Johan Nöthling, da Universidade de Pretória (África do Sul), que confirmaram as suspeitas: os perfis de DNA dos cães eram idênticos em todos os 40 marcadores genéticos.

Este é o primeiro relato de gêmeos monozigóticos em cães confirmado usando perfis de DNA.

Este é o primeiro relato de gêmeos monozigóticos em cães confirmado usando perfis de DNA.

Este é o primeiro relato de gêmeos monozigóticos em cães confirmado usando perfis de DNA.

Fonte: hypescience / sciencealert
Imagens: Reprodução/ sciencealert
Comentários

Novidades

Topo