Curiosidades

Durante um ano, NASA manteve cientistas em uma redoma dentro de vulcão que simula a vida em Marte

A NASA promoveu uma simulação de uma missão à Marte em que um grupo ficou um ano em uma redoma no Havaí, Estados Unidos. Seis pessoas completaram a missão que simulou como seria viver no Planeta vermelho. Eles viveram em isolamento quase total, em um ambiente fechado, sem comida fresca e sem contato com o mundo exterior.

Durante a simulação, os integrantes da missão tiveram que sobreviver com poucos recursos, utilizar vestes de astronauta e trabalhar para evitar conflitos pessoais. Entre os alimentos disponíveis estavam queijo ralado e atum enlatado. Após o fim da missão, os participantes se disseram otimistas e felizes.

O francês Cyprien Verseux, integrante do grupo declarou que a impressão pessoal dele é de que uma missão para Marte no futuro próximo é realista. Verseux ainda disse que os obstáculos tecnológicos e psicológicos podem ser superados. Para a comandante da missão, um fato que incomodou bastante foi a falta de privacidade por um ano.

Essa missão-teste foi importante para a futura escolha dos tripulantes da equipe que irá a Marte no futuro, para estudar como as pessoas se comportam em determinadas situações fora da Terra, como colonizações e longas viagens espaciais.

Imagem mostrando como era dentro da redoma!

Imagem mostrando como era dentro da redoma!

Os cientistas saindo da redoma um ano depois do experimento!

Os cientistas saindo da redoma um ano depois do experimento!

Fonte: BBC
Imagens: Reprodução/  BBC
Comentários

Novidades

Topo