Comportamento

Influência das mudanças climáticas podem prejudicar os atletas nas Olimpíadas

Os jogos olímpicos estão com tudo! Desde sexta-feira passada, o olhar do mundo todo está sobre os atletas que estão no Rio de Janeiro. Cada dia mais eles tentam se superar para conquistar uma medalha olímpica. Uma questão que merece atenção é que muitos recordes podem ser mais difíceis de serem batidos por causa das temperaturas, de acordo com o estudo Mais Longe do Pódio – Como as Mudanças Climáticas Afetarão o Esporte no Brasil, divulgado pelo Observatório do Clima.

Apesar de estarmos no inverno, as temperaturas no Rio estão acima do ideal para alguns esportes, como a maratona por exemplo. As altas temperaturas podem alterar o desempenho e apresentar riscos para a saúde.


Isso já aconteceu na Olimpíada de Atlanta, em 1996, época em que os jogos foram disputados em um período de muito calor, e assim uma série de recordes ficou a ser alcançada, podendo ser por conta da temperatura elevada.

A principal recomendação das agências climáticas para evitar os efeitos da mudança o clima é cortar emissões urgentemente, não apenas o Brasil, mas o mundo inteiro. Outra alternativa que pode auxiliar e amenizar esses efeitos é o uso de novas tecnologias, como o tecido dos uniformes, e também a mudança de horário e período do ano das competições. Os atletas brasileiros podem sofrer mais com as temperaturas, por estarem em uma região tropical.

Raquel-comemora

Fonte: leianoticias
Imagens: Reprodução/ voleiboldepraia/  esporteolimpicobrasileiro

Comentários

Novidades

Topo