Animais

Quando animais ajudam no tratamento pessoas depressivas



A depressão normalmente é tratada como um bicho de sete cabeças e até mesmo é considerada o mal do século.  Embora muitas medicações perigosas sejam utilizadas como mostra o FimPRO, sendo uma delas a sertralina (zoloft) por exemplo, existem possibilidades muito mais interessantes para a sua saúde e para o seu bem-estar que apenas um composto químico.

Além de existir um estigma muito forte socialmente relacionado a fármacos para doenças psicológicas, de fato existem opções totalmente naturais para lidar com o problema.


Uma dessas opções são os animais. Isso mesmo meninas, animais de estimação.  Existem vários animais que ajudam a tratar depressão que se tornam seus companheiros por toda a vida.

Entendendo um pouco mais a respeito

Você provavelmente já deve ter visto por exemplo cães guias e alguns casos de outros animais sendo utilizados como “ajudantes” para auxiliar a cura de várias doenças. Essa prática na verdade se chama zooterapia ou terapia assistida por animais (ou TAA ).

A terapia assistida por animais parte da premissa que o convívio com os animais estimula várias interações positivas que são prazerosas e que são fundamentais para o processo de tratamento de várias doenças.

Alguns dos benefícios encontrado pela grande maioria dos pacientes dessa terapia estão: sensação de bem-estar, facilidade para dormir e serenidade. Além desses benefícios ainda há uma longa lista que incluem: o alívio da ansiedade, o alívio do sentimento de solidão e inclusive um alivio do stress.

Veja abaixo uma lista de animais que ajudam a tratar a depressão

Agora que já vimos um pouco sobre os benefícios da zooterapia vamos ver quais são os animais que ajudam a tratar depressão.

Cães

Os cães são os animais “campeões” na luta contra doenças psicológicas, o que os fazem se tornar o primeiro da lista dos animais que ajudam a tratar depressão. Eles estimulam primeiramente o exercício físico (que é outro excelente aliado para o combate a depressão) com suas brincadeiras. Além do exercício físico, os cãezinhos adoram ficar do lado do seu dono e ser um acompanhante extremamente fiel o que ajuda a tirar todo o sentimento de solidão e até mesmo ansiedade pelo conforto do animal ao seu lado.

Algumas pesquisas cientificas também apontam que, os donos de cachorros tendem a ter uma pressão arterial menor, uma vida mais ativa e tendem a ser mais abertos para a vida – já que os cães também costumam fazer muitas “traquinagens” com os seus donos.

Todos esses efeitos combinados com certeza ajudam a levantar o humor e o estilo de vida da pessoa. Afinal, nunca vi ninguém triste do lado de um lindo cachorrinho, você já viu?

Gatos

Os felinos também são excelentes aliados para a sua vida e também são um dos mais recomendados animais que ajudam a tratar depressão. Sendo recomendados para pessoas mais depressivas e introspectivas, os gatos também trazem benefícios semelhantes ao dos cachorros.

A longa lista conta com: a sensação de bem-estar, alivio da ansiedade, alivio do stress e perda do sentimento da solidão. Uma curiosidade interessante é que os gatos estimulam mais o toque quando estão perto do seu dono, costumando a ajudar ainda mais com a sensação de bem-estar ao demostrarem muito afeto e carinho (que em alguns casos pode ser maior que o dos cães).

pessoas-loucas-por-gato-10-550x288

Outros animais

Ainda existem vários outros animais que ajudam a tratar depressão. Os cães e gatos certamente são os animais de mais fácil acesso e são extremamente recomendados (e mais utilizados também). Porém, outros animais como os passarinhos, peixes, coelhos e até mesmo cavalos podem fazer parte do seu convívio e também são animais que ajudam a tratar depressão.

Uma das maiores razoes da zooterapia funcionar com uma infinidade de animais é a liberação do hormônio oxitocina que é comumente relacionado ao “hormônio do amor”. Esse hormônio ajuda a combater a atividade de alguns circuitos neurais ligado ao medo, insegurança e ansiedade que comumente estão relacionados a depressão.

Porém um aviso…

Por mais que os animais ajudem a tratar depressão isso não quer dizer necessariamente que você tenha que comprar um. A zooterapia normalmente é feita com o contato com um animal de maneira frequente. A forma mais comum dessa modalidade são as visitas feitas em hospitais pelos animaizinhos. Outro ponto a se considerar é que qualquer animal de estimação também está relacionado a responsabilidade, mais gastos e certos cuidados. Portanto muita atenção na hora de tomar essa decisão.

Fora a séria decisão de decidir adotar um animalzinho, basicamente não existem contraindicações a respeito dos animais que ajudam a tratar depressão – a não ser que você tenha alguma alergia ou doença respiratória que possa te fazer mal com o convívio de um bichinho.

Bom pessoal, essa matéria foi uma dica/alternativa a um problema que infelizmente é muito comum hoje, então espero que possa lhe ajudar a lidar com parentes ou amigos que precisem desse tipo de ajuda ou para nós mesmos.

Imagens: Reprodução/ cuidamosalenaplacsilv/ petiko
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.