Alimentação

Estudo diz que adoçantes enganam o cérebro e faz a gente engordar mais



Depois de publicarmos que os adoçantes de sucaralose não devem ser usados em bebidas quentes, um estudo diz que eles e todos os outros adoçantes artificias engordam! Mas como é possível que algo que não apresenta nenhuma caloria possa engordar? Mais uma vez, aí vem os cientistas com uma afirmação “cabeluda”, mas o fato é que nas últimas duas décadas diversos estudos científicos mostraram que essas substâncias que deveriam ajudar a emagrecer, na verdade estão funcionando ao contrário. Até agora, essas afirmações estão baseadas com estudos em animais e com humanos são ainda inconclusivos. Mas, esta possibilidade tem deixado muitos especialistas intrigados.

Pensando em desvendar esse mistério, neurocientistas australianos publicaram um ESTUDO onde divulgam que fizeram alguns testes utilizando moscas da fruta e chegaram à conclusão de que adoçantes fazem o cérebro acreditar que está morrendo de fome e então fica mesmo difícil emagrecer se toda vez que ingere gotas de adoçante sente uma fome danada!


Para o experimento, os cientistas deram adoçantes para algumas moscas e açúcar para outras, de maneira a poder comparar. O resultado: as do adoçante consumiram 30% mais calorias que as do açúcar. Para confirmar, os cientistas cortaram os adoçantes da dieta do primeiro grupo de moscas e então, rapidamente as moscas pararam de se alimentar compulsivamente e o consumo de calorias voltou a cair. Logo de cara, a conclusão foi que consumir adoçante faz aumentar o consumo calórico.

Mas os cientistas ainda queriam saber o porquê desse comportamento. Então, eles passaram a monitorar a atividade das sensillas – pelinhos que as moscas têm que funcionam como receptores de paladar do inseto. Quanto maior for o apetite, mais as sensillas ficam ouriçadas. Para surpresa do grupo de pesquisadores quando as mosquinhas comem adoçantes artificiais ficam com as sensillas muito mais excitadas quando comem açúcar. Isso quer dizer, que ao comer adoçante, elas passam a sentir muito mais vontade de comer ingerir calorias. Quando as mesmas moscas comeram açúcar o resultado foi claro: a atividade elétrica é muito maior quando elas comem adoçante.

adocante

Depois os pesquisadores ainda monitoraram as enzimas e os neurotransmissores das mosquinhas para tentar entender o mecanismo molecular que estava em ação. Nessa fase do experimento, eles perceberam que comer adoçante ativa a mesma rede neural que é ligada quando os animais sentem fome.

Agora ficou claro que adoçantes ativam esses neurônios e apesar de não fornecer nenhuma caloria, deixam o corpo com mais vontade de comer. Adoçante não engorda, mas ativa um sistema fisiológico que nos faz comer mais.

Apesar de o estudo ter provado que o adoçante faz engordar indiretamente, não quer dizer que o mesmo que acontece em moscas de fruta vá acontecer com os seres humanos. Nós, diferente das moscas, somos capazes de reprimir impulsos usando a razão.

Site: exame.abril/
 Artigo: Sucralose Promotes Food Intake...
Imagens: Reprodução/comosealimentar/ fitness
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.