Curiosidades

Suas mitocôndrias são presentes que só sua mãe poderia dar: entenda como ocorre a Herança Mitocondrial?

“Gostaria de saber por que as mitocôndrias só são passadas das mães aos filhos e não dos pais também.” (Robison Coronel)

Desde a antiguidade o ser humano busca compreender como ocorre a transmissão de características ao longo das gerações. Perguntas como “porque os filhos são tão parecidos com os pais?” São comuns e muitas ideias sobre hereditariedade já foram formuladas ao longo da história. Foi a partir dos estudos de Gregor Mendel (a partir de vários outros estudos anteriores) que se passou a compreender os mecanismos pelos quais a herança de características ocorre. A partir daí, passamos a compreender que não apenas características como a cor dos olhos ou tipo de cabelo é algo herdado, como também há uma série de outras características, doenças e até comportamentos, que também o são. Essa herança ocorre por segregação independente, em que, durante a formação dos gametas, há a separação dos pares de genes de um indivíduo e, no momento da fecundação, os gametas do pai e da mãe se juntam para formar um novo indivíduo, que terá uma combinação única de genes.

No entanto, há diversos tipos de heranças genéticas. Nós, humanos, possuímos 23 pares de cromossomos (e milhares de genes), sendo um destes pares os chamados cromossomos sexuais. Assim, possuímos a herança sexual, que definirá o sexo (e não a sexualidade) do indivíduo, e a herança autossômica (recessiva e dominante), que definirá as demais características. No entanto, há um tipo de herança mais específico, em que não ocorre essa combinação entre o material genético de ambos os pais, mas somente da mãe: a herança mitocondrial. E por que isso ocorre? A mitocôndria é uma organela celular, que possui apenas um filamento de DNA (e não a habitual dupla fita), que possui como principal função a produção de energia (processa oxigênio e glicose para produzir ATP). Acredita-se que esta organela no passado tratava-se de um organismo procarionte, englobado há milhares de anos em um processo de simbiose. Sendo assim, na atualidade, todas as células eucariontes possuem mitocôndria. Mas, então, porquê recebemos apenas o material genético da mãe?

AJA_1143

A explicação fica a cargo da anatomia do espermatozoide. Sendo as mitocôndrias fontes de energia, no espermatozoide elas se localizam em uma região chamada peça intermediária, que fica entre a sua cabeça e a sua cauda, conferindo ao espermatozoide a energia que necessita para se locomover até o óvulo. Quando o espermatozoide chega até o óvulo, no processo de fecundação, apenas a sua cabeça (local onde estão localizados os cromossomos) passará por ele. Em outras palavras, a cauda tem como função apenas ajudar o espermatozoide a chegar até o seu alvo, o óvulo, sendo logo em seguida destruída. Dessa forma, a herança mitocondrial será sempre, obrigatoriamente, materna. E o que isso implica? Bem, caso haja algum problema genética mitocondrial, consequentemente será herdado de mãe para filho. No entanto, podemos dizer que essa é mais uma bela ligação entre mãe e filho, não é mesmo?

Fonte: igeimquedinfoescolaebahbrasilescolaterra/  
Artigo: MONTALVÃO NETO, A. L.; MIGUEL, K.; GIRALDI, P. M.
Paradigmas, hipóteses e descobertas: O ensino de Biologia e as Leis de Mendel. 
In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPEC), 2015, Águas de Lindóia. 
Imagens: Reprodução/ asturnatura

 

Comentários

Novidades

Topo