“Sangramento de escape”: menstruar mesmo tomando pílula. Devo me preocupar?

… Bem no meio da cartela do anticoncepcional o sangue aparece do nada! Normalmente, isso é considerado um ‘sangramento de escape’ (spotting), que na verdade é um sangramento que acontece tipicamente quando a mulher está tomando anticoncepcionais. Muitas mulheres não entendem o mecanismo e vão em busca de ajuda médica.

A boa notícia é que, na maioria das vezes, não há com o que se preocupar.  Inclusive, está previsto por todas as bulas de anticoncepcionais. Esse problema tem se tornado recorrente desde a chegada das pílulas de baixa dosagem hormonal. Esse tipo de anticoncepcional oral combinado, que une estrogênio e progestagênio, vem sendo cada vez mais usado e qualquer erro na hora de tomar o remédio pode causar o escape.

Muitas vezes, escape acontece também, quando o anticoncepcional está fornecendo menos hormônio do que o corpo precisa e por isso o sangramento acontece. Se a quantidade hormonal da pílula for menor do que o organismo da mulher necessita, os escapes podem acontecer com frequência e nesses casos a recorrer ao médico para que ele resolva o problema. Normalmente, o médico prescreve uma pílula com dosagem hormonal mais forte.

Sem-Título-1

Antes de confundir um sangramento no meio do ciclo e com uso de pílula, é preciso observar suas características. O sangramento não costuma durar mais que três dias, em pouca quantidade e sua cor é um vermelho bem claro (sangue vivo), diferente da menstruação que é vermelho escuro. Além disso, não é comum que sinta cólica e desconforto durante o sangramento de escape. No entanto, alguns médicos alertam que um sangramento amarronzado com aspecto de borra de café pode acontecer devido aos hormônios da pílula. Algumas pílulas de baixa dosagem hormonal são campeões de escape, portanto ficar alerta é muito importante.

Quando devo me preocupar?

Se você se sente assustada com o acontecido, o ideal é ir ao seu ginecologista e contar o ocorrido. Não fique sofrendo à toa!

O importante é investigar o sangramento de escape persistente, o que pode se tornar dor de cabeça e muito inconvenientes somente um médico poderá identificar através de exames o que está acontecendo. Além disso, é preciso descartar o mais rápido possível a hipótese de o sangramento ser da uretra ou ânus também é muito importante.

Fonte: trocandofraldasanticoncepcionaisbolsademulher 
  Imagens: Reprodução/ vilamulherdifferencebtw/