Sua saúde

Qual a vantagem evolutiva de as hemácias serem anucleadas nos mamíferos?

Qual a vantagem evolutiva de as hemácias serem anucleadas nos mamíferos?
Esse texto foi útil para você?

 “Gostaria de saber qual a vantagem evolutiva dos eritrócitos dos mamíferos serem anucleados e das aves terem núcleo?” (Maurício Baum)

Boa pergunta Maurício!  As hemácias são conhecidas como glóbulos vermelhos por conterem um pigmento chamado de hemoglobina que é por onde o oxigênio pode ser transportado para todas as células do organismo. Como sabemos, as hemácias (eritrócitos) são anucleadas, ou seja, não possui núcleo e isso lhe confere um formato bastante diferente das demais células do nosso corpo, elas são bicôncavas, ou seja, as duas faces são côncavas opostas.


Essa formatação da célula sanguínea lhe confere uma característica que vai muito além da sua fisiologia, seu formato auxilia na captação do oxigênio favorecendo uma grande relação entre superfície e volume, ou seja, as tornam mais eficazes nesse trabalho. Assim, as hemácias dos mamíferos são mais eficientes no transporte de oxigênio e produção de energia quando comparados com os demais vertebrados. Todavia, como as hemácias não possuem núcleo elas são incapazes de se reproduzir e apresentam uma vida muito curta, em torno de 120 dias nos humanos, ou seja, para que possamos ter as hemácias suficientes diariamente a nossa medula óssea trabalha arduamente para renovar constantemente o nosso estoque diário.

Já as hemácias presentes no sangue das aves são células elípticas e com um núcleo também elíptico. Por apresentarem um núcleo, essa célula já apresenta uma característica fundamental que difere das hemácias dos mamíferos que é a capacidade de realizar a mitose, ou seja, ela pode se reproduzir e por isso apresenta uma vida mais longa. Essa propriedade de realizar a mitose lhes garante uma melhor produção de células sanguíneas nestas espécies e evita a sobrecarga dos órgãos hematopoiéticos, como o fígado.

 

A melhor hipótese que nos faz compreender melhor sobre as hemácias serem anucleadas nos mamíferos é garantir ao organismo o transporte de uma quantidade maior de oxigênio, já que contém uma quantidade maior de hemoglobina. Isso foi uma característica evolutiva que permitiu uma melhor adaptação para algumas espécies, já que a maioria das células possui núcleo.

Na verdade, a maioria dos vertebrados, como peixes, anfíbios, répteis e aves possuem hemácias com núcleo o que indica o processo evolutivo de adaptação nos mamíferos que por um dado momento na história da evolução teve que ser adaptada para melhor corresponder as características do ambiente e conseguir a sobrevivência. É por isso que temos uma grande variabilidade e diversidade de animais no planeta devido essa característica evolutiva que é a adaptação ao meio e o mais importante: ajuda a garantir a perpetuação de espécies e preservação dos seres vivos.

Fontes: ppgcavestsellerprosangue  Imagem: Reprodução/educacao/

Comentários

Novidades

Topo