Piloto quebra as regras e salva 40 animais de incêndio devastador no Canadá. Veja as fotos do resgate

Um incêndio de proporções assustadoras devastou o Fort McMurray, a região mais afetada pelos incêndios no Canadá. Mais de 80 mil pessoas foram obrigadas a deixar as suas casas na sequência daquele que já é considerado o pior desastre natural de sempre no Canadá. Para piorar a situação muitos moradores foram obrigados a deixar os seus animais de estimação para trás, mesmo sabendo que o destino deles seria cruel.

Já é do conhecimento de todos nós que as companhias aéreas seguem fortes regras a respeito do transporte de animais nas aeronaves. Mas o piloto canadiano Keith Mann decidiu quebrar as regras para retirar 40 animais da localidade que ardia em chamas.

Então, para que alguns donos pudessem levar os seus cães, gatos, tartarugas, coelhos, chinchilas e até ouriços consigo, o piloto Keith Mann decidiu permitir todos estes animais a bordo em um dos aviões destinados a evacuar a cidade. A regra era levar somente as pessoas, mas Keith agiu com o coração mesmo sabendo que isso poderia contar seu emprego e até seu brevê de piloto.

Os incêndios em Alberta já devastaram mais de 204 mil hectares de terreno e destruíram 2.400 habitações ou estabelecimentos comerciais.
Os incêndios em Alberta já devastaram mais de 204 mil hectares de terreno e destruíram 2.400 habitações ou estabelecimentos comerciais.

Ao contrário do que você pode estar imaginando, “foi um voo bastante calmo“, garantiu o piloto. Apenas, dois cães foram fechados em um dos banheiros porque estavam assustando os coelhos e chinchilas. “É uma daquelas coisas que nunca me imaginei fazer […] mas estou feliz por tê-lo feito”, disse.

Nós do Diário de Biologia estamos verdadeiramente agradecidos e apaixonados a este piloto.

piloto-salva-animais6

piloto-salva-animais4

piloto-salva-animais3

piloto-salva-animais2

piloto-salva-animais5

Fonte: huffingtonpostnoticiasaominutomapaa
  Imagens: Reprodução/ huffingtonpostnoticiasaominuto/