Um surto de javalis selvagens radioativos está ocorrendo em Fukushima 

Fukushima, no Japão foi devastada pelo tsunami de 2011. Nada em seus arredores pode ser recuperado devido ao vazamento do material radioativo a usina nuclear de Fukushima. A região foi abandonada pelas pessoas e a entrada no local é proibida pelo governo do Japão.

No entanto, javalis selvagens que viviam na região continuaram lá e o fato é que hoje, a população da espécie triplicou desde então. Apesar de a carne do animal ser bastante consumida no país todos os indivíduos que habitam a região de Fukushima estão contaminados pelo isótopo radioativo césio-137.

Em 2013 o governo do Japão passou a se preocupar quando foi alertado que os javalis estariam usando as casas abandonadas como refúgio e ninhos para seus filhotes. Como a caça ao animal foi suspensa devido à possível contaminação a população de javalis contaminados cresceu cerca de 300%.

OS javalis tem usado as casas abandonadas para proteger seus filhotes!
OS javalis tem usado as casas abandonadas para proteger seus filhotes!

Caça aos javalis radioativos

A administração pública se viu obrigada a tomar providências e incentivou caçadores a exterminarem os javalis de Fukushima. No entanto, o grande problema era a forma como as carcaças seriam eliminadas.

O plano foi cavar imensas crateras na cidade de Nihonmatsu, que armazenariam os animais mortos sem contaminar o lençol freático. Pesquisadores indicaram que somente 600 animais poderiam ser enterrados em cada buraco sem que o solo fosse infectado. Atualmente, os buracos no solo estão na capacidade máxima e o governo japonês são sabe o que fazer para continuar se livrando das carcaças dos javalis caçados. Os especialistas acreditam que a melhor solução é desapropriar casas abandonadas nas regiões de Fukushima mais afetada pela radiação para cavar novas crateras e enterrar mais animais por lá.

O Ministério do Meio Ambiente do Japão ainda tem a preocupação em evitar que o ecossistema da região seja ainda mais afetado por ações desastrosas do homem, e por isso, exterminar toda a população de javalis está fora de questão. O controle dos animais contaminados está sendo feito aos poucos para que a espécie não seja totalmente exterminada da região.

Fonte:  revistagalileu    Imagens: Reprodução/ bol.uol / revistagalileu