Curiosidades

Pessoas poderão ser enterradas com roupa feita de fungos. A decomposição será mais rápida e ecologicamente correta

O que puder ser feito para tornar nossa vida o mais sustentável e que agrida menos o meio ambiente, deverá ser feito. Hoje, até mesmo os rituais de sepultamento dos nossos mortos agridem de alguma forma o meio ambiente. Para obter caixões precisamos cortar árvores, que ainda são revestidos de produtos químicos. Antes de ir para os caixões muitos corpos são preparados com litros de formaldeído tóxico. A cremação não fica atrás. Os corpos são cremados a temperaturas entre 760 e 1.150 graus Celsius por 75 minutos na qual há um gasto incalculável de energia, além de liberar uma quantidade significativa de gases e toxinas no meio ambiente.

Na esperança de tornar a morte algo que não cause danos ao meio ambiente, uma equipe de designers desenvolveu uma opção ecologicamente correta: uma roupa tecida com fios de esporos de fungos decompositores. A ideia dos desenvolvedores é que os fungos cresçam a partir do corpo do morto depois de enterrado, digerindo-o lentamente enquanto neutraliza quaisquer contaminantes ambientais. Logo que foi apresentado, a ideia provocou muita controvérsia em 2011. Mas agora a roupa feita de esporos de fungos está oficialmente sendo vendida depois de todos os testes serem realizados. O processo baseia-se no poder de micorremediação. Trata-se da capacidade de cogumelos tem para limpar contaminantes tóxicos no meio ambiente.


O primeiro teste realizado utilizou o corpo de um homem de 63 anos chamado Dennis White, que sofria de uma doença degenerativa terminal. Ele era uma das pessoas na lista de espera para uso da roupa de fungo depois da morte. A roupa custou US$999. Devido à demanda popular, a empresa pretende fazer versões para animais de estimação que estarão disponíveis em breve.

work2_5

Fonte: sciencealert   Imagens: Reprodução/sciencealert

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Comentários

Novidades

Topo