Animais

Mais uma mentira espalhada nas redes sociais: “Cientistas brasileiros descobrem barata que voa, tem veneno e pode matar”





Mais uma vez, venho dizer que sempre que um assunto surge como um viral, causando uma avalanche de curtidas e compartilhamentos nas redes sociais, é preciso averiguar antes de acreditar e, principalmente antes de compartilhar. Já falamos aqui das bananas contaminadas com sangue,  sobre os inseto da etiópia que transmite vírus mortal, sobre os parasitas transparentes na torneira de sua casa e até do feijão contaminado com larvas. Nenhuma dessas histórias de internet eram reais!

Agora, alguns leitores estão verdadeiramente preocupados com as temidas baratas mutantes (nome científico Blattodea mutation), que segundo alguns sites, teriam sido descobertas por pesquisadores brasileiros e tem o poder de voar longe e possui veneno mortal para os seres humanos. Segundo publicações, as novas baratas são aparentemente idênticas às comuns e teriam sido descobertas em 2009 em São Paulo e somente agora seu perigo foi divulgado.


barata

Bem, vamos aos fatos…

Trata-se da barata Blattodea mutation  …”  Blattodea na verdade é a Ordem das baratas e não um gênero. Não existe gênero de baratas com este nome. Além disso, nenhum entomólogo usaria a palavra mutation (em inglês) para um epípeto, eles utilizariam algum nome em latim.

Cientistas também afirmaram que essa ”nova geração” de baratas também possui um veneno semelhante a de um escorpião.” Quais cientistas, especialistas de qual Universidade? Se isso não é indicado, já é um bom motivo para que a notícia seja desacreditada.

É importante também, fazer uma busca nos grandes sites de divulgação científica de todo o mundo, que sempre estão ligados nas mais recentes notícias. Não há nenhum site divulgando essa novidade que seria um grande furo de reportagem. Também fizemos uma busca, por via das dúvidas, em algumas revistas científicas digitais e nada foi encontrado.

Assim, não acredite nesta notícia. Não compartilhe. Não contribua para deixar pessoas assustadas. Já temos problemas muito graves de saúde pública no nosso país para nos preocupar, como a microcefalia ligada a zika, dengue, gripe H1N1.

Veja abaixo o vídeo do Dr. Leonardo Oliveira, do Museu Nacional (MNRJ/UFRJ), especialista em baratas.

Você pode assistir mais vídeo do especialista em seu Canal Cultura Biológica:

Fonte: portalatualizado / portaldoholanda
   Imagens: Reprodução/ info.abril./ vocesabia
Comentários

Novidades

Topo