Anomalias e doenças

Mãe divulga foto da filha morta por meningite B e que cobra liberação gratuita da vacina

O drama de uma garotinha de dois anos, que morreu vítima da meningite B está causando comoção na internet e gerando um importante alerta do quanto necessário é que o governo ofereça a vacina contra a doença no Reino Unido, não apenas para recém – nascidos, mas para toda e qualquer criança. No Brasil, não se encontra a vacina na rede pública de saúde.

A pequena Faye foi conduzida ao hospital com várias erupções na testa e faleceu após permanecer internada por onze dias. Com a permissão de Jenny a mãe da garotinha, a enfermeira pediátrica Aimee Beesley expôs o drama no Facebook, com a intenção de sensibilizar populares a aderirem a uma petição para que o governo permita a liberação gratuita da vacina.


E isso é o que esta doença fez com Faye e arrancou sua vida no domingo. Estamos tentando convencer o Parlamento a reconsiderar a nos cobrar centenas de libras para nos proteger da doença. Precisamos chegar a 100 mil assinaturas. O legado de Faye é a luta para aumentar a consciência. Espero nós a deixemos orgulhosa. Descanse em paz, anjinho”, relatou Aimme Beesley.

menina-meningite-B

Jenny, a mãe da menina, expôs ao site “Meningitis Now” que os médicos garantiram que a garota tinha chances escassas de resistir, mas ela não parou de lutar. “Depois de alguns dias, ela parecia ter melhorado, mas a sepse começou a afetá-la mais e os médicos decidiram amputar os membros. Ela fez uma cirurgia para remoção de uma perna e um braço”, disse.

Ela relatou ainda que a menina estava ficando extremamente cansada e desgastada pela meningite e infecção generalizada por esse motivo, tomaram a decisão de não realizar mais cirurgias.

Fonte: extra   Imagens: Reprodução/
 extra

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Comentários

Novidades

Topo