Anomalias e doenças

Cientistas da USP criam novo aparelho que  rastreia células cancerígenas de maneira super eficiente!

Um novo equipamento criado pelo Grupo de Ótica do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP) permite rastrear o percurso de células cancerígenas no início da metástase com maior precisão. Essa inovação promete ajudar médicos em cirurgias, para a localização dessas células e melhorar o tratamento dos pacientes.

O aparelho detecta os chamados linfonodos sentinela, que são estruturas responsáveis por drenar o líquido entre os tecidos. Em caso de tumores, esse líquido pode conter células cancerígenas, o que é detectado através de um corante que emite fluorescência. O equipamento já foi testado em 17 cirurgias de pacientes com câncer de língua, cabeça, pescoço e de pele, no Hospital de Câncer de Barretos.


Atualmente existem várias técnicas empregadas na localização dos linfonodos. As principais injetam ao redor do tumor algum tipo de marcador capaz de ser detectado. .Entre todas as técnicas, essa que utiliza fluorescência é a mais precisa, pois permite que o médico visualize na tela do computador, em tempo real, onde está o linfonodo sentinela, geralmente presente nas regiões das axilas, virilha e pescoço.

4900321

O equipamento criado pelos pesquisadores da USP é constituído por duas câmeras, uma que capta imagens em preto e branco e outra que permite visualizar imagens coloridas; um conjunto de LEDs infravermelhos e brancos, que ajuda a detectar a fluorescência e a captar as imagens; um monitor, que permite visualizar as cenas captadas no instante em que se realiza a operação. O cirurgião pode guardar essa inspeção e usar novamente quando precisar, em consultas futuras e novos tratamentos.

Fonte:
  g1.globo.  Imagens: Reprodução/g1.
globo/

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Comentários

Novidades

Topo