Alimentação

7 coisas que você tem feito antes de dormir, mas precisa parar AGORA!

A relação das pessoas com o sono é de amor ou ódio. Ao mesmo tempo em que há a pessoas que dormem bem todos os dias, existem muitas outras que simplesmente não conseguem sequer lembrar o que é uma noite bem dormida.

O fato é que  o sono que atrapalha a vida, aquele que faz o indivíduo já acordar cansado, quase sempre é consequência de erros cotidianos que passam despercebidos. “É o que chamamos de má higiene do sono. Ninguém age propositalmente mal para não conseguir dormir, mas as atitudes do dia a dia têm consequências à noite”, explica o neurologista Geraldo Rizzo, especialista em medicina do sono e diretor do Sonolab.


1.Ingerir bebidas alcoólicas antes de dormir

Os especialistas dizem que embora relaxe a maioria das pessoas, o álcool proporciona um sono fragmentado, que não passa por todos os estágios. O resultado será muito cansaço no dia seguinte. Depois de metabolizado, as moléculas de álcool causam diversos despertares durante a noite e podem até favorecer a apneia do sono.

2. Dormir com a TV ligada ou levar laptop, tablet e smartphone para a cama

Além de estimular a mente e fazer com que você perca o sono checando mensagens e atualizações, a iluminação de aparelhos eletrônicos ainda comprometem o descanso satisfatório. A luz branca artificial desses aparelhos inibe a produção de melatonina, hormônio responsável pela estimulação ao sono. Dessa forma, o corpo se mantém desperto por mais tempo do que deveria e, quando se entrega ao cansaço, experimenta uma noite mal dormida, com interrupções.

3. Tomar bebidas com cafeína à noite

Refrigerante, café, chá e chimarrão contêm cafeína, um estimulante que atrasa a chegada do sono. Além disso, a cafeína prejudica a qualidade das horas dormidas. Evite chá mate, preto, verde e branco, que são ricos em cafeína que estimulam o corpo e o cérebro, e aposte em infusões com camomila, capim cidreira e outras receitas infalíveis para uma boa noite de sono.

o-FACEBOOK-ADDICT-facebook

4. Não desacelerar antes de ir para a cama

É preciso ter uma rotina de recolhimento. Ir para a cama logo depois de uma atividade física ou mental intensa só trará frustrações, porque a pessoa não conseguirá dormir logo. Na verdade a prática de exercícios ajuda a ter uma boa noite de sono, mas deve ser evitada muito próxima da hora de dormir, pois as atividades podem causar picos de adrenalina e pique extra que você preferiria ter de manhã e não antes de ir para a cama.

5. Alimentação errada

Alimentos que contêm uma substância química chamada tiramina – como bacon, queijo, nozes e vinho tinto – podem nos manter acordados durante a noite. Isto acontece porque a tiramina provoca a liberação de noradrenalina, um estimulante cerebral. Proteínas se transformam em aminoácidos, que reduzem a quantidade de triptofano no cérebro. Dessa forma, menos seratonina é produzida, o que nos faz ficar mais alertas.

6. Falta de rotina para dormir

Todos nós temos um relógio biológico interno que nos diz quando estamos cansados. Ela ajuda a sincronizar milhares de células em nosso corpo a um ciclo de 24 horas chamado de ritmo circadiano. Se dormimos menos durante a noite por ir para a cama tarde ou acordar cedo, é improvável que tenhamos o tempo de sono profundo que precisamos. Quando não temos uma rotina e horário certo para dormir e acordar ou mesmo chegamos a prolongar demais o sono durante os finais de semana e feriado, saiba que o hábito atrapalha a regularidade do organismo e contribui para noites mal dormidas.

7. Fumar antes de dormir

Assim como a cafeína, a nicotina é estimulante. Se fumar for inevitável (mesmo sabendo de todos os malefícios que o cigarro causa à saúde), as últimas tragadas devem ser dadas no máximo uma hora antes de se recolher ao quarto. Se você ainda não conseguiu abandonar o vício do tabagismo, evite fumar pelo menos 3 horas antes de ir para a cama.

Fonte:bbc/saude.ig/bolsademulher
     Imagens: Reprodução/ brasilpost/ colombia

Comentários

Novidades

Topo