Comportamento

Porque a voz fica estranha quando a gente engole gás hélio?

“Porque a voz fica estranha quando a gente engole gás hélio?” (Júlio Cesar)

Olá Júlio Cesar! Com certeza você já percebeu que quando alguém inala esse tipo de gás como o hélio a voz da pessoa fica “fina”, ou seja, bem aguda e estridente, bem estranha não é?! Mas isso tem uma explicação bem simples e sua causa vem das leis da física. A nossa voz é formada em nossa laringe que através dos pulmões produzem um fluxo de ar que ao passar pelas pregas vocais vibram e essas vibrações formam ondas sonoras que se ajustam com a nossa musculatura da laringe e quando sai pela nossa boca interage com o ar formando a nossa voz, algumas vezes mais graves, mais agudas, timbres diferentes, ou seja, depende de cada prega vocal, gás expelido, músculos e o meio na qual as ondas serão propagadas.


A primeira explicação sobre essa alteração na voz com o gás hélio vem da lei da física que diz: “Quanto mais densa a molécula, menor a sua velocidade”. O gás Hélio é classificado como um gás nobre porque não interage com nenhuma outra substância química, além disso, ele é muito menos denso que o ar atmosférico e por isso quando inalado a nossa voz pode se propagar com maior velocidade causando essas alterações no som.

A segunda explicação que confirma e que também é pertinente nessa alteração da voz vem de outra lei da física que diz: “Quando se aumenta a velocidade do som, se eleva a sua frequência”. Essa lei é bastante usada no ramo da física chamada acústica e nos esclarece bem sobre essa mudança na voz. Como o gás hélio é sete vezes menos denso que o ar atmosférico a sua velocidade de propagação vai aumentar e consequentemente a sua frequência também, ou seja, com o aumento da frequência e sua velocidade, a propagação do som aumenta cada vez mais causando essa distorção na voz humana, devido alterações nas ondas sonoras emitidas deixando- as mais agudas e bem mais estridentes.

baloes

É interessante que essa lei da física também se aplica ao contrário, ou seja, se for inalado um gás mais denso que o ar atmosférico, como por exemplo, o gás hexafluoreto de enxofre, a nossa voz ficará bem mais grave que o normal porque esse ar é muito denso e a velocidade da nossa voz diminuirá quando interagir com a atmosfera.

Mas, atenção! O gás hélio é utilizado largamente para enchimento de balões para que eles voem por aí já que é mais leve, porém fazer uso dele, ou seja, inalar para fazer esse tipo de alteração não é recomendado, pois assim que o hélio entra em contato com os nossos pulmões eles retiram o oxigênio deles o que pode causar um sufocamento. Quantidades pequenas desse gás não fazem mal algum, porém quando repetido várias vezes ou uma quantidade superior pode causar danos à saúde, por isso, muito cuidado!

Fontes: super.abrilbrasilescolamundoeducacao  
  Imagens: Reprodução/primeirospassosbh/

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Comentários

Novidades

Topo