Anomalias e doenças

Mulher teve AVC após lavar cabelo no salão de beleza. O problema é mais comum do que você pensa

Muitas mulheres já reclamaram de sair do lavatório do salão de beleza com dor no pescoço. Isso é muito comum. O problema é que a maioria dos lavatórios ainda seguem o modelo que exige que a pessoa esteja sentada e jogue a cabeça para trás. As consequências desta posição podem ir além de um incômodo ou apenas uma dor no pescoço.

A norte-americana Elizabeth Smith teve um AVC e culpa o salão de beleza pelo derrame. E acredite, esse final é bem mais comum do que se imagina. Em entrevista ao canal ABC News, ela afirma que a hiperextensão da coluna cervical, o pescoço, enquanto lavava o cabelo no salão causou uma lesão em sua artéria vertebral, importante vaso sanguíneo responsável por levar sangue ao cérebro.


Assim que terminou de lavar os cabelos, passou a sentir muito incômodo e duas semanas depois passou a sentir fraqueza no braço e na perna esquerdos e teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Atualmente ela tem redução das habilidades motoras da mão esquerda, andar instável e a visão de seu olho esquerdo é danificada. Ela ainda tem um coágulo sanguíneo no cérebro que pode causar mais lesões.

avc_tipos4

Então lavar cabelo no salão pode mesmo causar AVC?

Embora você nunca possa ter ouvido falar nisso. O caso de Elizabeth é bem mais corriqueiro do que se imagina. A ocorrência de AVC após a lavagem de cabelo no salão já é conhecida dos médicos e tem até nome próprio: síndrome do salão de beleza.

Conforme relata o site Bolsa de Mulher, o problema pode acontecer de duas maneiras diferentes. Na primeira delas, a artéria vertebral, que passa por dentro do canal vertebral, é comprimida quando a cabeça é jogada para trás, causando a diminuição da chegada de sangue ao cérebro. Esse processo é mais comum em pessoas idosas, pois o canal vertebral pode estar mais estreito e com calcificações nessas pessoas.

O segundo mecanismo é a lesão da artéria vertebral pela compressão causada pela extensão do pescoço. A cicatrização do vaso machucado pode causar a formação de coágulos, que viajariam pela corrente sanguínea até o cérebro e causariam um AVC. Esse processo é o que Elizabeth acredita que tenha acontecido com ela.

Fonte: bolsademulherabcnews   Imagens: Reprodução/ makeamfisioterapiamanual

Comentários

Novidades

Topo