Curiosidades

Conheça 10 funções corporais que continuam mesmo depois da morte

Algumas funções corporais continuam por minutos, horas, dias e até mesmo semanas após a morte. Você não vai acreditar no tipo de coisas que um corpo morto pode fazer:

  1. Crescimento das unhas e cabelos

O corpo não produz mais tecido dos cabelos e unhas, mas eles crescem nos dias após a morte. O que realmente acontece é que a pele perde umidade e “empurra” cabelos e unhas para trás, expondo mais cabelo e fazendo com que as unhas pareçam maiores.

  1. Atividade cerebral

As células do cérebro gastam os minutos lutando para  conseguir oxigênio e os nutrientes de que necessita para se manter vivo – esses minutos podem ser estendidos com  drogas certas e sob as circunstâncias corretas, de minutos para dias.

  1. Crescimento de células da pele

Embora a perda de circulação sanguínea pode matar o cérebro em questão de minutos, outras células não são tão necessitadas de cuidados constantes. As células da pele, que estão localizadas na periferia do corpo, podem permanecer vivas por dias.

  1. Fazer xixi

Controlar a micção não é uma função voluntária. Nós nunca temos que pensar sobre isso, porque uma determinada parte do cérebro está sempre no comando de tudo. Esta é a mesma parte que está envolvida na regulação da respiração e os batimentos cardíacos de uma pessoa, que é uma das razões que as pessoas tendem a fazer xixi involuntariamente se estão bêbadas. A parte do cérebro que mantém o esfíncter urinário fechado é inibida. Apesar de que o rigor mortis enrijece os músculos, não está definido até quanto tempo depois da morte. Logo após a morte, os músculos relaxam, fazendo com que as pessoas possam urinar.

nails-600x418

  1. Eliminar fezes

Nós todos sabemos que em momentos de estresse o corpo elimina resíduos. O corpo relaxa certos músculos e acaba acontecendo… No caso dos cadáveres, a coisa toda é ajudada pelo gás que é produzido dentro do corpo. Isto pode acontecer horas após a morte. Fetos também podem fazer cocô dentro do útero. Esta pode ser a primeira e última coisa que fazemos na vida.

  1. Digestão

As bactérias dentro do seu intestino não morrem apenas porque você morreu.  Embora muitos delas sejam parasitas, algumas são de grande ajuda para a digestão, e fazem parte do trabalho para nós. Outras trabalham dentro dos nossos intestinos, fabricando mais desse gás que empurra as fezes.

  1. Ereções e ejaculação

Quando o coração pára forçando o sangue ao redor do corpo, o acúmulo de sangue pode causar enrijecimento de certos órgãos. Certos tipos de células musculares são ativadas por íons de cálcio. Após a ativação as células gastam energia colocando os íons de cálcio de volta para fora da célula. Depois da morte, as membranas tornam-se mais permeáveis ??ao cálcio e as células não gastam mais energia para empurrar os íons para fora, de modo que os músculos se contraem. Isto leva a rigor mortis e pode levar à ejaculação.

  1. Movimentos musculares

Embora o cérebro possa morrer, outras áreas do sistema nervoso central podem ainda estar ativas. As enfermeiras dizem perceber reflexos, que envolvem a sinalização de nervos para a medula espinhal e não para o cérebro, levando a contrações musculares e espasmos após a morte.

  1. Vocalização

O gás que preenche nosso corpo tem que sair por algum local depois que morremos. Uma dessas formas é através da traquéia. O rigor mortis endurece todos os músculos, incluindo os que trabalham nas cordas vocais, e a combinação disso leva a alguns sons muito misteriosos provenientes de cadáveres.

  1. Nascimento

Muitas mulheres morrem durante a gravidez, e mesmo assim consegue manter a gestação até o final. Os gases que se acumulam dentro do corpo podem ajudar a expelir o feto.

Fonte: clicrbs  Imagens: Reprodução/fatosdesconhecidos/
Comentários

Novidades

Topo