Animais

Estudante viaja milhares de quilômetros para adotar cadelinha que a salvou de estupro

Estudante viaja milhares de quilômetros para adotar cadelinha que a salvou de estupro
Esse texto foi útil para você?

Georgia Bradley, uma inglesa de 25 anos passou por uma situação desconfortável. Ela  caminhava sozinha por uma praia de Creta, na Grécia, quando foi abordada por dois homens. O que começou com um convite para uma bebida acabou se transformando em agressão física e o resultado poderia ter sido muito pior, se não fosse por uma cadelinha de rua, que conseguiu, de alguma forma, a afastar os agressores.

Georgia ficou extremamente frustrada quando ao passar o susto tentou ir atrás da cadelinha que se escondeu amedrontada. A moça não se eu por vencida. Ela, ela voltou para a Inglaterra, e não esquecendo todo o acontecido, decidiu voltar à Grécia para tentar encontrar o animal e adotá-lo. A cadelinha vivia na mesma praia onde tudo aconteceu e então foi fácil reencontrá-la. Ela levou sua nova amiga a uma abrigo para animais, onde foi vacinada e vermifugada.


georgia-grecia-cadela

Para que fosse levada à Inglaterra, porém, o animal precisou ficar em quarentena e foi submetido a diversos testes e papeladas burocráticas. Foi somente na terceira viagem à Grécia que Georgia conseguiu levar Pepper, nome que deu à salvadora, consigo. E para sua surpresa maior, uma semana após chegar à Inglaterra, Pepper deu à luz seis filhotinhos. A estudante não poderia estar mais feliz e com a sensação de missão cumprida.

georgia-grecia-cadela4

Fonte: hypeness  Imagens: Reprodução/hypeness

Comentários

Novidades

Topo