Crianças que dormem tarde, têm crescimento prejudicado!

Bem estou escrevendo para sugerir uma publicação, uma prima disse ter visto uma palestra sobre criança ter que dormir cedo, pois o hormônio do crescimento é liberado até a meia noite. Para mim não poderia ter relação horários e fatores interno do organismo, mas gostaria dessa informação por pessoas que estudam e compreendem realmente do assunto. (Karen)

Oi Karen! Para começar a explicar sua dúvida, antes precisamos conversar sobre o hormônio do crescimento, o GH. Esse hormônio tem origem na hipófise, uma glândula do nosso corpo e atua geralmente entre a meia noite e as 4 horas da manhã, principalmente em crianças até a puberdade. O GH também continua atuando depois dessa fase, na juventude e idade adulta, mas com outras funções, como ganho de massa muscular e síntese de proteínas.

Por isso é importante que as crianças estejam na cama até as 21:30, para que o corpo esteja em sono profundo no período em que o GH começa a atuar no organismo. Segundo estudos recentes, as crianças brasileiras estão dormindo muito tarde, e consequentemente, criança que dorme tarde não cresce. O psiquiatra infantil José Belizário comenta: “É preciso que a criança durma três horas antes do pico de produção do hormônio para que ele atue no organismo. E nossas crianças estão indo para cama cada dia mais tarde”.

aHR0cDovL3d3dy5zb2JyZXBlc28uY29tLmJyL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDE0LzEyL2NyaWFuY2EtZG9ybWluZG8tb2Jlc2lkYWRlLmpwZw==

Você já deve ter ouvido dos mais velhos que logo após a menarca, ou primeira menstruação da menina, acontece uma parada no crescimento. Isso é verdade e já comprovado pela ciência. Segundo endocrinologistas, a altura fica estagnada quando os ossos já estão amadurecidos, o que está ligado aos hormônios femininos e masculinos. Nos homens, isso pode acontecer até os 22 anos de idade.

É claro que outros fatores como alimentação, rotina e lazer são importantes para o crescimento das crianças, mas já está provado que uma boa noite de sono é essencial para o desenvolvimento e crescimento dos pequenos.

Fonte: portalvitaldicademae  Imagens: Reprodução/ clickgratis/ espaçoenvolvimento