Anomalias e doenças

Chega de cirurgias! Cientistas descobriram um colírio à base de esteroides capaz de “derreter” a catarata.

O termo “catarata” é dado para qualquer tipo de perda de transparência do cristalino, lente situada atrás da íris, seja ela congênita ou adquirida, independente de causar ou não prejuízos à visão. Passa a se desenvolver quando proteínas passam a se acumular ali, impedindo a entrada de luz no olho. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a catarata é responsável por 47,8% dos casos de cegueira no mundo, acometendo principalmente a população idosa. Atualmente, o único tratamento disponível para a catarata é remover cirurgicamente a lente nublado a partir do olho e substituindo-o por uma lente artificial.

Cientistas na Califórnia descobriram que um colírio feito com lanosterol (um esteroide) é capaz de derreter cataratas e impedi-los de retorno quando administrado aos pacientes através de gotas para os olhos. Se aprovado para uso humano, o composto pode estar disponível como um tratamento não-invasivo para indivíduos com formas moderadas de cataratas.


pterigio

Para o estudo, foi testado lanosterol em cristalinos humanos doados e em animais vivos, como coelhos e cães. Os resultados mostraram repetidamente que lanosterol foi capaz de reduzir significativamente o tamanho de catarata.

Apesar de ainda não ter sido testada em seres humanos, o estudo já está causando excitação, sendo considerado o mais promissor na área dos últimos anos.

Fonte: medicaldaily   Imagens: Reprodução/nacaptial/ doutissima

Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Comentários

Novidades

Topo