A descoberta que confirma a teoria de Einstein muda o modo como vemos Universo

Há 100 anos atrás, Albert Einstein estudou a existência de ondas gravitacionais, o que foi incluído em sua famosa Teoria da Relatividade.

Durante décadas, os cientistas vinham tentando, sem êxito, detectar essas ondas – fundamentais para entender as leis que regem no Universo. Até que recentemente,  cientistas conseguiram comprovar a existência dessas ondas. Já considerada uma das maiores descobertas da ciência atual, abre as portas para novas maneiras de investigação do Universo.

Pesquisadores do projeto LIGO (Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory, ou em português: observatório de Interferometria de Ondas Gravitacionais), em Washington e na Lousiana, foram os responsáveis por essa comprovação e fizeram isso  acompanhando distorções no espaço com a interação de dois buracos negros a 1,3 bilhão de anos-luz da Terra.

O observatório é um pouco diferente dos outros, pois não usa telescópios. As “lentes” usadas ali  são raios laser e através de equipamentos ultra-precisos pode-se medir os raios. O laser fica completamente isolado, sendo que a única coisa que poderia perturbar o isolamento  dos raios seriam ondas gravitacionais. E com a colisão dos buracos negros, isso aconteceu e foi observado pelos cientistas.

ondas_gravitacionais

Esses pesquisadores se empenharam e estudaram  anos para detectar as minúsculas distorções causadas pelas  ondas gravitacionais quando elas passam pela Terra.  O estudo das ondas gravitacionais, pode informar as ondas que foram emitidas quando o Universo tinha apenas um segundo de idade. Outro ponto importante é que o estudo sobre as ondas gravitacionais pode significar a primeira detecção direta dos buracos negros, pouco entendidos até agora.

Com essa descoberta é muito provável que os cientistas envolvidos levem o prêmio Nobel. O que pode gerar uma grande discussão sobre quem encabeçou a descoberta e foi responsável pela comprovação da teoria de Einstein.

Fontes:  bbc / super.abril  Imagens: Reprodução/ estudopratico/ super.abril