Comportamento

Pesquisa mostra que ter uma noite longa de sono, com pequenas interrupções, é pior que dormir pouco!

Devido à correria e o estresse atual, não é de se estranhar que existam tantas pesquisas a respeito do sono. Infelizmente, quase ninguém mais dorme direito e as horas necessárias! Já se sabe também que algumas pessoas necessitam de mais horas de sono do que outras.

Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos da América, realizaram uma pesquisa que insinua que ter sua noite de sono interrompida, acordando várias vezes, pode ser pior do que dormir por poucos momentos, porém sem pausas.


O estudo foi feito dividindo 62 pessoas, entre homens e mulheres, em dois grupos distintos: metade era obrigada a despertar quando pegava no sono e o outro apenas ia dormir mais tarde do que a média. Na segunda noite dava para notar que os que eram obrigados a acordar encontravam-se com o estado de espírito pior que o do outro grupo.

sono31

Certo, até ai esse fato já era esperado. Porém no fim da terceira noite, as estatísticas demonstraram que dormir e acordar muitas vezes no meio da noite maltrata o bem-estar físico e mental da pessoa.   “Quando o sono é interrompido durante toda a noite, você não tem a oportunidade de progredir através dos estágios de sono para obter a quantidade de ondas de sono necessárias para uma noite perfeita, que é fundamental para o sentimento de restauração“, explanou o principal autor do estudo Patrick Finan.

Este estudo é muito importante para abrir novos horizontes para tratar a insônia, que é uma das maiores causadoras da depressão na sociedade atual.

Fontes: sciencealert  
 Imagens: Reprodução/ unique/vejasp
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.