Anomalias e doenças

O primeiro transplante de pênis dos Estados Unidos será realizado em soldado ferido em combate

Médicos cirurgiões norte-americanos estão se preparando para realizar o primeiro transplante de pênis no país. Ele será realizado em um soldado ferido em combate, conforme informou o Hospital da Universidade Johns Hopkins. A cirurgia será feita em final de 2016, ou até menos. Somente dois transplantes de pênis já foram feitos no mundo todo. Um deles, realizado na África do Sul em 2014, deu certo. O outro, realizado na China em 2006, fracassou.

Dentre os anos de 2001 a 2013, 1367 militares americanos expedidos ao Iraque e Afeganistão, tiveram graves ferimentos em suas partes genitais. A grande maioria deles tinha menos de 35 anos e foram machucados em detonações de bombas caseiras.


Não se comenta com muita constância destas feridas genito-urinárias“, revelou o médico Andrew Lee, diretor do serviço de cirurgias reconstrutoras do Johns Hopkins, entrevistado pelo New York Times. “Estes ferimentos são tão devastadoras como qualquer outro traumatismo que um combatente possa sofrer“, completou ele, e citou que é muito comum o regresso à casa de “homens com vinte e poucos anos cuja região pélvica está totalmente destruída”.

Especificamente nesse caso, o envolvido é um jovem soldado ferido no Afeganistão, que receberá o pênis de um doador falecido. Os médicos da Universidade Johns Hopkins, relataram que esperam poder restaurar a função urinária, reparar a capacidade de perceber sensações e a capacidade de manter relações sexuais alguns meses após a cirurgia.

cirurgia-1

A faculdade Johns Hopkins permitiu aos cirurgiões prosseguir com 60 transplantes experimentais como estes. Após isso, os resultados serão avaliados, e com os resultados em mãos, será decidido se essa operação poderá se tornar habitual. O cirurgião Andrew Lee deixou claro que os pacientes precisam evadir de esperanças utópicas de que recuperem integralmente papéis desta parte, mas criou uma perspectiva realista de que esses homens que possam ter esperanças em gerar herdeiros.

O soldado cuja operação será realizada, não teve os testículos atingidos. O sul-africano transplantado em 2014 vai ser pai até o fim do ano, segundo anunciariam os médicos em Junho.

Fonte: exame.abril   Imagens: luciorebelo/defesa

Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Comentários

Novidades

Topo