Alimentação

Você vai se surpreender: Lista mostra os lugares mais sujos e contaminados dos shoppings

Você vai se surpreender: Lista mostra os lugares mais sujos e contaminados dos shoppings
Esse texto foi útil para você?

O especialista em microbiologia e imunologia, Philip Tierno, explica: “Qualquer lugar em que as pessoas se reúnam fica cheio de bactérias e vírus, e um shopping center lotado é um exemplo perfeito disso”. Os shoppings parecem limpinhos, estão sempre com cheiro bom e parece ter gente limpando o tempo todo. O que muita gente nunca se deu conta é que quando se está passeando pelas lojas você também estará exposto a muitos germes – como os vírus da gripe, E. coli e estafilococos.

Pensando assim, a lista abaixo pode surpreender você. Saiba quais são os campeões nos quesitos sujeira e contaminação nos shopping centers.


1- Mesas da praça de alimentação

mesa01

Não adianta a funcionária passar aquele paninho úmido nas mesas, pois exatamente aquele pano geralmente está contaminado com bactérias nocivas como a E. coli se não for trocado e lavado regularmente de forma correta. Todo tipo de sujeira pode estar nas mesas da praça de alimentação. Talvez seja interessante usar lenços desinfetantes que contenham álcool ou outro agente de desinfecção, a fim de matar os germes, e não apenas limpar a sujeira. Principalmente se você estiver com crianças e idosos que tem a imunidade mais deficiente.

2- Pia dos banheiros

banheiro-teste

Todo mundo pensa que a privada e a maçaneta da porta do banheiro são os lugares mais sujos do shopping. Engano! A pia é o lugar mais sujo!  Isso porque as bactérias ficam na torneira depois de as pessoas tocarem essas superfícies logo após usar o banheiro. Como essa é uma área úmida, as bactérias podem se proliferar e sobreviver por mais tempo ali. As saboneteiras também são muito sujas, pois são manuseadas com as mãos imundas vindas do sanitário. Para se proteger, lave bem as mãos depois de usar um banheiro público: esfregue com sabão durante pelo menos 20 segundos, e enxague bem. Use uma toalha de papel para desligar a torneira e abrir a porta.

3- Provadores

Capturar

Quando as pessoas experimentam roupas, células da pele e transpiração podem se acumular no interior dos provadores, o que pode servir de alimento para a proliferação bacteriana. Além disso, é possível se contaminar com bactérias resistentes a antibióticos apenas experimentando roupas.

Para experimentar roupas esteja sempre de roupas íntimas que proteja toda área do ânus e genitais (fio dental não serve!) por debaixo das roupas que experimentar, principalmente calças, trajes de banho.

4- Amostras de maquiagem

1112_bacteriasnoshopping_f_001

Experimentar maquiagem pode ser um erro que custa caro mais tarde. Já falamos sobre os perigos de compartilhar maquiagem e todas as doenças que isso pode trazer. Um estudo de 2005 constatou que entre 67% e 100% da maquiagem para teste estavam contaminadas com bactérias, incluindo estafilococos, estreptococos e E. coli. As amostras de maquiagem públicas devem ser ignoradas. Não é recomendado aplicar cosméticos nos lábios, olhos ou rosto que estejam ali para todos usarem. Amostras únicas são mais seguras.

5- Lojas de dispositivos eletrônicos

size_810_16_9_celular1

Antes de você milhares de pessoas testaram o smartphones e tablets que estão dispostos para uso dos clientes. Isso significa que você pode pegar bactérias de tudo que é jeito nestes locais. Um estudo de 2014 mostrou que que os vírus facilmente se transferem entre as superfícies de vidro e pontas dos dedos. E um relatório recente concluiu que de quatro iPads em duas lojas da Apple, um continha Staphylococcus aureus, responsável por provocar doenças, que vão desde uma simples infeção (espinhas, furúnculos e celulites) até infeções graves (pneumonia, meningite, endocardite, síndrome do choque tóxico, septicemia e outras).

6- Lojas de brinquedo

JL

Lojas de brinquedos podem estar contaminadas com germes perigosos, sobretudo para as crianças, puramente por causa da maneira como elas se comportam lá. Crianças lambem brinquedos, os rolam em suas cabeças, esfregam em seus rostos, e tudo isso deixa uma grande quantidade de germes.

Se você fizer uma compra, limpe qualquer brinquedo usando produtos com capacidade antibactericida antes de dar para o seu filho.

7- Corrimão de escada rolante

Escadas-rolantes

Se você consegue se equilibrar na escada rolante sem usar o corrimão, faça isso! Essa é uma das partes mais infestadas de germes do shopping. Durante testes, pesquisadores encontraram comida, E. coli, urina, muco, fezes e sangue no corrimão de escadas rolantes, e onde há muco, você também pode encontrar vírus. Procure desinfetar as mãos depois de tocá-los.

Fontes: hypescience/edition.cnn/Staphylococcus_aureus  Imagens: Reprodução/ healthimpactnews/checkthetrip/cgn/assest/uol/officeshopping/heplim

Comentários

Novidades

Topo