Animais

Um único Aedes aegypti pode contaminar quantas pessoas?



Já é sabido de todos nós que somente a fêmea de mosquito pode nos picar e transmitir doenças. Com apenas 3mm de comprimento e 5mm de largura, a fêmea do mosquito Aedes aegypti, responsável pela picada em seres humanos por se alimentar de sangue, é, como visto nos noticiários, capaz de provocar verdadeiros surtos, principalmente por ser considerada “insaciável”. Um único mosquito causador da dengue, zika vírus e chikungunya pode contaminar diversas pessoas durante o tempo que vive: em torno de 45 dias em condições normais.

A fêmea de Aedes aegypti pica e suga nosso sangue até que seu abdome esteja cheio. Se ela for interrompida antes de estar saciada, ela vai voar em busca de outra vítima ou pode escolher outro ponto na mesma pessoa para picar. Assim que estiver sugado a quantidade necessária de sangue, ela passa de dois a três dias antes de colocar seus ovos.  Ela é capaz de realizar inúmeras posturas de ovos no decorrer de sua vida, já que copula com o macho uma única vez, armazenando os espermatozoides em suas espermatecas (reservatórios presentes dentro do aparelho reprodutor). Em seguida, está pronta para picar outra vez.


aedes-mosquito-pele

Ao picar um humano, o mosquito perfura a pele e suga o sangue e expele saliva, onde está concentrado o vírus. Ao ser infectada, a fêmea do Aedes aegypti permanece assim durante a vida toda, podendo infectar vários humanos neste período. De acordo com o Blog da Saúde do Ministério da Saúde, em seus 45 dias de vida, uma única fêmea contaminada com os vírus da dengue, zika ou chikungunya pode contaminar até 300 pessoas se sua vida não for interrompida.

Fonte: ministeriodasaude/mosquitoworld/megacatch/ portalodia   Imagens:  Reprodução/ marista/
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.