Sua saúde

O que poderia acontecer se você fizesse uma dieta apenas de frutas?





“O que aconteceria se uma pessoa se alimentasse apenas de frutas e não ingerisse nenhum outro tipo de alimento?” (Douglas Silva)

Bem Douglas, não se pode restringir a alimentação a um determinado grupo de alimentos. Nesse sentido, as frutas, que apesar de serem muito ricas em vitaminas e sais minerais, não supririam todas as necessidades nutricionais de nosso corpo, que precisa também de proteínas, carboidratos e lipídeos, além de outros componentes como as fibras, goma e pectina.


Para manter o equilíbrio nutricional recomenda-se que em uma dieta normal (que varia de acordo com o sexo, idade e atividade física, mas que gira em torno de 1600 a 2000 calorias diárias) sejam consumidos de 50 a 60% de carboidratos, em torno de 15% de proteínas e cerca de 30% de lipídeos. Isso porque cada um dos nutrientes tem uma função específica, como:

  1. Proteínas: Encontradas nas carnes, leguminosas, em algumas sementes e no leite (e seus derivados), as proteínas ajudam principalmente na construção e reparação de tecidos, formação de enzimas e hormônios, além de ajudar no sistema de defesa.
  1. Carboidratos: Presente principalmente em grãos e cereais, são responsáveis por fornecer energia, sendo a fonte mais comum em nossa alimentação.
  1. Lipídeos: Fonte energética ainda mais concentrada, é comumente armazenada no tecido adiposo e forma aquela “barriguinha”. Os lipídeos, muitas vezes, trazem consigo as vitaminas lipossolúveis.

 

 As frutas possuem em sua composição um açúcar chamado frutose, que rapidamente é degradado em nosso organismo e transforma-se em reserva no corpo (as famosas gordurinhas). Além disso, por se tratar de um açúcar, também pode sobrecarregar o pâncreas, devido ao excesso de produção de insulina necessária para controlar as taxas glicêmicas. Também pode ocorrer uma síndrome metabólica, aumentando a taxa de triglicerídeos (colesterol ruim).

Além dos efeitos causados pelos excessos, há também problemas causados pelas carências. Efeitos leves como mal-estar, dor de cabeça, tontura e mau humor são estados característicos que a falta de determinados nutrientes causam, mas a longo prazo interfere e pode ocasionar vários problemas de saúde.

A dica é: mantenha uma alimentação regular, com um prato saudável e colorido (cheio de nutrientes), praticando exercícios e consumindo muita água, pois emagrecer não é deixar de comer e seu corpo necessita de equilíbrio para permanecer saudável!

Fontes: sentirbem/emagez/ortoar/globo/emedix
Imagens: domdo/united/queuir
Comentários

Novidades

Topo