Animais

Por que as pessoas cortam os rabos e orelhas de algumas raças de cachorros?

“Eu gostaria de saber o por quê, das pessoas cortarem rabos e orelhas dos cachorros, principalmente os Dobermans.” (Rodrigo Correa)

Rodrigo, cortar o rabo e orelhas dos cães é um hábito muito antigo. Pelo que se tem informação, ele se iniciou na Roma antiga, pois os pastores romanos acreditavam que tirar uma parte do rabo do cão ainda filhote, prevenia a raiva.


Depois, os caçadores que utilizavam cães em suas caçadas, da raça Doberman como você citou, por exemplo, passaram a praticar a caudectomia – amputação ou corte da cauda de caninos – para diminuir a área de atrito dos cães e supostamente diminuir sua vulnerabilidade.   Ou seja, eles cortavam os rabos e orelhas, para que os “inimigos” dos cães, não tivessem como atacá-los nessas áreas que são bastante propensas a sangramentos e infecções.

Esse hábito de cortar rabos e orelhas foi sendo transmitido, mesmo não tendo mais a suposta finalidade que tinha antes. A caudectomia na atualidade era realizada mais por fins estéticos.

No Brasil não é mais permitido realizar tal procedimento, pois muitas vezes ele não era realizado por um médico veterinário, e pior ainda: era feito em casa mesmo e sem anestesiar o animal! O Conselho Federal de Medicina Veterinária decidiu por meio da Resolução nº 1027, de 18 de junho de 2013, a proibição da prática de caudectomia. Só se permite a amputação para remover ferimentos muito graves ou tumores.

O cão usa o rabo para se comunicar com outros animais, e também para, é claro, se comunicar com seu dono. Além de auxiliar no equilíbrio do animal. Portanto, se ele só traz benefícios e é importante para a saúde do nosso amigo, porque não deixa-lo onde está?

buscan-prohibir-la-cirugia-estetica-para-perros-y-gatos-en-rio-de-janeiro-03

            Fontes: cfmv/portaldodog/hypescience/
animale    Imagens: públinews/vetstreet
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.