Curiosidades

Ingredientes da pasta de dente podem estar associados ao câncer, diz pesquisador

Ingredientes da pasta de dente podem estar associados ao câncer, diz pesquisador
Esse texto foi útil para você?

De acordo com o Doutor Toby Talbot, especialista em odontologia restauradora e membro do Royal College of Surgeons of England, as substâncias contidas no creme dental podem causar câncer. O dentista ainda afirma que muitas vezes os ingredientes estão nos produtos mais por uma questão industrial, não levando em conta a segurança clínica, por isso ele ressalta que é imprescindível que o consumidor esteja atento ao rótulo.

Uma dessas polêmicas substâncias é o Lauril sulfato de sódio, usado nos cremes dentais em grandes quantidades como um detergente e também como uma mistura que facilita a união dos elementos. O problema desse componente é que ele abre espaço para agentes tóxicos e cancerígenos, que podem vir de diversas fontes, como por exemplo cigarros e alimentos com agrotóxicos.


Segundo o dentista, a mucosa da boca é um dos tecidos mais sensíveis e delicados do organismo. O lauril sulfato de sódio tem o poder de abrasão, já que é um detergente, e pode causar irritação na boca. Quando o paciente tem úlceras ou machucados na boca, é recomendado que se evite o uso de cremes dentais com essa substância.

Como-limpar-bijuterias-pasta-de-dente_0

No ano passado, de acordo com o  DailyMail, a empresa Colgate retirou a substância triclosan dos seus produtos que foram vendidos nos Estados Unidos. Enquanto a empresa afirma que o triclosan é seguro em doses pequenas, o dentista diz que esse ingrediente foi testado em animais e que possui efeito sobre a atividade hormonal e atividade carcinogênica.

Outro caso são os produtos clareadores de dentes que possuem peróxido de hidrogênio. Esse produto pode ser tóxico e irritante para tecidos moles, podendo danificar as membranas bucais e causar danos às gengivas. Outra polêmica é que a concentração dessa substância nos produtos vendidos são insuficientes para provocar um real efeito clareador, o que pode caracterizar uma “propaganda enganosa”.

Fonte: jornalciencia/ dailymail    Imagens: mulher/fatosdesconhecidos

Comentários

Novidades

Topo