Animais

Seu cachorro anda uivando muito? Ele pode ter a Síndrome da Ansiedade da Separação

Quando o dono sai e o cão fica sozinho, é normal que ele uive um pouco. Mas, é importante observar se o uivo é muito frequente (seus vizinhos reclamam que o cachorro uivou a tarde toda?) e se o comportamento do animal começou a mudar. Caso seja observada alguma anormalidade, talvez o cachorro esteja com um distúrbio psicológico chamado Síndrome da Ansiedade da Separação (SAS).

Com a correria do dia-a-dia, horas extras, atividades extracurriculares nos colégios, etc. É comum que a família passe demasiado tempo fora de casa e não dê a atenção que o animal de estimação da família necessita. Isso pode causar no cão uma grande necessidade de chamar a atenção de seus donos, uivando, destruindo móveis e objetos e fazendo xixi onde não deveria. Esses comportamentos são algumas das características da SAS. Em casos mais graves, o cão pode apresentar depressão e automutilação além de se tornar arisco com outras pessoas.


Criar o animal como um filho também pode contribuir para o desenvolvimento da síndrome. Afinal, o cão acostuma-se com a atenção e os carinhos e, até mesmo pela idolatria que ele tem com os donos, ele sente intensamente a falta deles e a solidão torna-se mais impactante. O cão com SAS pode deixar de comer ou beber água até que alguém chegue em casa, fica deprimido, isolado, intolerante… E esses distúrbios psicológicos vão trazer problemas de saúde físicos nos bichinhos. Por isso é importante identificar e tratar o quanto antes a Síndrome da Ansiedade da Separação.

Em alguns casos, é importante buscar um especialista para a identificação do problema e posterior tratamento.

saiba-por-que-os-caes-uivam-1

Aqui vão algumas dicas para ajudar o seu cachorro a não sofrer com a sua ausência e, quem sabe, evitar uma possível SAS:

  • Atividade física. Sair para caminhar ou correr com o cachorro trará benefícios para a saúde física e psicológica tanto do animal quanto do dono. Se não for possível levá-lo para passear, busque alternativas, como contratar uma pessoa que faça isso.
  • Disciplina. Adestrar ou, pelo menos, ensinar o comando “fica”, através do uso de recompensas, como petiscos e carinhos, poderá fazer o cão aprender a controlar a ansiedade e a perceber que, se você sair, irá voltar.
  • Brinquedos. Ter brinquedos para o seu amigo canino irá amenizar a saudade que ele sente de você, uma vez que ele irá se manter ocupado na sua ausência.
  • Um novo amigo. Caso seja viável, adotar outro cachorro para fazer companhia pode ser uma ótima opção.
  • Não dê tchau. Um erro comum é se despedir do cão toda vez que for sair. Ao fecharem a porta o cachorro ficará estressado e ansioso, pois saberá que ficará sozinho. Ao chegar, também é recomendado evitar que se “faça festa” com o animalzinho. Esse comportamento irá apenas reforçar a impressão de negativismo toda a vez que o dono precisar sair, relacionando o ato de fechar a porta com algo que causa sofrimento.

cachorro-uivando-4

Fontes: cachorrogato/terra   Imagens: bolsademulher/ amordeauau / infinitodaspalavras

 


⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Comentários

Novidades

Topo