Anomalias e doenças

Mulher desenvolve tumor parecido com um terceiro peito nas costas

Uma mulher de 46 anos de idade, em Dublin, na Irlanda, foi a uma clínica se queixando de algo que crescia em suas costas, o que ela não sabia é que havia lá algo tão impressionante que os médicos ficaram surpresos quando examinaram: um tumor benigno gigante que mais parecia um terceiro peito localizado em suas costas. A mulher (não identificada) informou que conviveu com essa protuberância crescendo durante 10 anos de sua vida, mas que nos últimos 3 anos cresceu exageradamente que resolveu ir ao médico para investigar.

Assim que os médicos a examinaram foram imediatamente realizar uma ressonância magnética e uma biópsia para verificar a procedência daquele crescimento e logo descartaram que era um câncer para a felicidade de todos. Na verdade esse tumor benigno era constituído apenas de células de gordura mais conhecido como lipoma.


Os lipomas são tumores benignos formados por células de gordura que se agrupam e formam uma protuberância arredondada no tecido subcutâneo, logo abaixo da pele, ou seja, não é um câncer e nem pode virar um câncer, na verdade é apenas um tecido gorduroso revestido por uma cápsula fibrosa. Cerca de 1 a 2% da população tem um ou mais lipomas pelo corpo, onde é muito comum nos adultos e nas mulheres. No caso descrito pelos médicos em Dublin, a mulher conviveu com o lipoma durante 10 anos e só agora resolver ir ao médico devido à proporção de crescimento que ele se encontrava, uma vez que os médicos nunca tinham visto um lipoma tão grande a chegar neste tamanho, ele tinha 19 centímetros de comprimento e 6,7 cm de largura.

2C1E567000000578-3228099-A_woman_had_a_19cm_tumour_removed_from_her_back_which_had_been_g-a-39_1441889495470

A maioria dos lipomas é pequena e as pessoas procuram os médicos logo em seguida para realizar sua retirada. Quando há um crescimento exagerado como neste caso, os médicos realizam ressonâncias magnéticas para descartar o câncer. O tratamento principal e usual é a cirurgia ou lipoaspiração, onde é realizado de forma simples e rápida, muitas vezes com anestesia local e quando o lipoma é retirado ele não costuma crescer novamente! A mulher em Dublin agora está numa fila de espera para realizar a cirurgia e retirar o lipoma de suas costas que começou a incomodá-la muito nos últimos anos e que para sua felicidade não se trata de algo grave!

2C1E55E400000578-3228099-The_tumour_was_found_to_be_a_lipoma_a_non_cancerous_growth_made_-a-40_1441889499609

Fontes: dailymail/mdsaude/scielo            Imagens: dailymail

Comentários

Novidades

Topo