Comportamento

Agora está comprovado: comer a noite realmente faz mal e a ciência explica o porque

Atire a primeira pedra quem nunca assaltou a geladeira antes de ir dormir. Mesmo sem fome, muitas pessoas abrem a geladeira e descobrem um docinho ou um petisco para comer antes de dormir. O que motiva as pessoas a consumirem mais calorias ao anoitecer vem sendo estudado pelos cientistas e os estragos que isso causa também (como diabetes e doenças crônicas).

As calorias ingeridas entre o jantar e a hora de dormir são armazenados no corpo como gordura em vez de serem utilizadas como energia. Isso acontece devido ao fato de que o processamento do alimento acontece de forma diferente ao longo do dia. Vários fatores estão associados a isso, como temperatura corporal, níveis hormonais e atividade física, por exemplo.


Pesquisas também demostraram que o horário é tão importante como os tipos e as qualidades de alimentos consumidos. Segundo os pesquisadores, a tendência é ingerir alimentos mais palatáveis, ou seja, doces e salgados mais calóricos, como uma forma de compensar o cansaço e restrições do dia a dia. Estudos mostraram que comer tarde pode alterar a perda de peso e a digestão.

Dois hormônios podem estar nos induzindo a comer mais tarde. Cortisol e Adrenalina, seguem o ritmo circadiano natural e despencam após as 15h, assim como os níveis de energia, como uma preparação do corpo para o final do dia.

esps-voce-ataca-a-geladeira-a-noite

Fonte: megacurioso  Imagens: makuja/
poracaso

⚠  ATENÇÃO:  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.



Comentários

Novidades

Topo