Curiosidades

Nos banheiros públicos da Roma antiga as pessoas defecavam todas juntas conversando, discutindo política e combinando jantares.

Na Roma antiga, as pessoas eram bastante preocupadas com a higiene pessoal e por isso os governantes construíram diversos balneários públicos onde as pessoas tomavam seus longos banhos todas juntas. Mas na hora de defecar, as pessoas o faziam em vasilhas e jogavam em qualquer lugar, ou então faziam suas necessidades no mato. Mas logo, o governo romano passou a se preocupar com a limpeza da cidade começou a criar banheiros públicos não para tomar banho, mas para poder urinar e defecar.

Isso aconteceu no  período republicano (509-27 a.C) na qual os banheiros públicos eram chamados de latrinae. A latrina pública era um local onde se encontrava uma bancada de pedra com vários buracos, onde as pessoas usavam para urinar ou defecar. Nas construções mais modernas da época foi instalada um sistema na qual corria água que levava os dejetos.


Havia a separação de banheiros para homens e mulheres. Apesar disso, não existia privacidade (como pode ser visto nas imagens). Os homens e as mulheres faziam suas necessidades na frente de outras pessoas e até aproveitavam para ficar conversando, geralmente discutindo sobre acontecimentos políticos, planejando encontros, jantares ou faziam bordados. Nestes banheiros havia escravos ou escravas para cuidar da limpeza (embora fossem locais fedorentos e sujos), como também o escravo fornecia aos usuários uma esponja (era uma esponja marinha) em um cabo, a qual era usada para se limpar após ter defecado. O problema é que essa esponja não era descartável; após o seu uso, o escravo a limpava em uma bacia ou pia, e entregava para o próximo usuário. Quando a esponja estivesse desgastada, só então era descartada.

Toilet-banner

Doenças

As latrinas consistiam de buracos úmidos, escuros de onde  frequentemente surgiam ratos e insetos que mordiam as nádegas e pernas nas pessoas. Além disso, o acúmulo de metano chegou a causar algumas chamas. Por causa da limpeza da limpeza com esponjas compartilhadas, muitas pessoas se contaminavam com  bactérias, possivelmente promovendo doenças como febre tifoide e cólera. E, é claro, ser mordido ou picado por algum morador do esgoto.

4773253848_2d7c2acacb

3825169425_a2b9d6f099

Ostia-Toilets

img_6316

Fonte: discovne/visitinents/seguind
Imagens: anciksniarbetchrilen

Comentários

Novidades

Topo