Lembra da famosa baleia assassina? Pois é, ela não é uma baleia!

Você sabia que a famosa “baleia assassina”, personagem épico nos anos 90 do filme Free Willy, não é uma baleia? Pois é, as orcas são da família dos golfinhos! Isso mesmo! Apesar de pertencerem a mesma ordem (lembre da divisão Reino, Filo, Classe, Ordem, Gênero e Espécie), elas pertencem a grupos diferentes. Os Cetáceos são divididos em duas subordens, classificadas pela dentição: a subordem odontoceti possui dentes e nela temos representantes como a orca, os golfinhos, os botos, o cachalote, o narval e a beluga. Já a subordem mysticeti não possui dentes, e nela encontram-se as baleias.

Mas calma aí, se as baleias não têm dentes, o que elas tem então? Na verdade, elas possuem cerdas, que servem para filtrar seu alimento da água, o plâcton, que nada mais são do que pequenos e diversificados organismos, de origem animal (zooplâncton) ou vegetal (fitoplâncton), que flutuam passivamente pelos oceanos. Já as orcas possuem dentes de até 10 cm e, ao contrário das baleias, são excelentes caçadores, com estratégias bem definidas de ataque. Por isso, esse animal é chamado de “baleia assassina”: apesar de nunca ser registrado um só ataque em mar aberto a seres humanos, a fama das orcas por caçar diversos outros animais, inclusive alguns maiores que ela, lhe deu esse título nada amistoso.

As orcas geralmente possuem entre 8 e 9 metros e pesam 6 toneladas. Seu corpo possui um formato cilíndrico e grandes barbatanas que ajudam em um nado veloz. Comunicam-se por meio de sons, que também ajudam a se localizar. Conseguem se adaptar facilmente a qualquer clima, desde os oceanos gelados polares, até as águas quentes da região equatorial, mas normalmente encontram-se mais as extremidades do planeta e próximas a costa. Vivem em grupos (de até 40 orcas), que podem ser menos agressivos (caçando apenas peixes) ou mais agressivos (preferindo focas e leões marinhos). Apesar de caçar muitos animais, nenhum animal (além do ser humano) caça a orca, e por isso elas estão no topo da cadeia alimentar!

orcas-jumping

Apesar de serem da mesma ordem, e por vezes maiores, as orcas atacam também as baleias, principalmente as baleias-jubarte, caçando até mesmo a maior espécie de baleia dentada do mundo, a cachalote. Por serem tão temidas, as espécies de baleias mais velozes fogem, tentando nadar mais rápido do que as orcas (como a baleia-azul e baleia comum). Outras espécies simplesmente se protegem em águas rasas, corais ou mesmo navios naufragados (como as baleias-jubarte). No entanto, apesar de comumente pacíficas, algumas baleias ficam e enfrentam as orcas, inclusive recrutando companheiros para ajudar no combate. Realmente, as orcas são seres impressionantes, não é?

free_willy

Fontes: academiadeciencia/institutoaqualung/megacurioso/bbc/marinha  Fonte: buzzeedearthporm/ porquee