Curiosidades

Estudo mostra que nosso cérebro começa a envelhecer aos 27 anos de idade!



Se alguém te fizesse essa pergunta, qual seria o seu palpite? Certamente por volta dos 50, 60 anos, não é mesmo? Porém, não é isso que relatam os estudos. Segundo eles, nosso cérebro começa a declinar quando passamos dos vinte e poucos anos!

Um dos estudos, realizado na Universidade de Virgínia, nos EUA, apontou que em alguns aspectos cognitivos, o declínio começa aos 27 anos de idade. Seu coração é novo, a pele muito boa e a dores musculares são raras. Seus neurônios estão trabalhando, porém, as sinapses –conexões entre neurônios- vão ficando menos eficientes. O estudo avaliou duas mil pessoas com várias idades diferentes. Esta diminuição na eficiência, afeta várias habilidades mentais, como a inteligência espacial: capacidade de desenhar objetos e visualizá-los mentalmente, por exemplo. Funções como raciocínio e memória, também perdem forças rapidamente, e aos 30 anos, já não são mais os mesmos.


Outro estudo, feito pela Universidade Simon Fraser, no Canadá, demonstrou que o declínio mental começa em torno dos 24 anos. Eles chegaram a essa conclusão depois de estudar 3.305 voluntários com idades entre 16 e 44 anos.

Nos estudos, os participantes jogavam em tempo real um game que recriava situações cotidianas e que testavam habilidades cognitivas de concentração, como fazer múltiplas tarefas e mudar o foco imediatamente. O jogo gravou o movimento dos analisados e, como esperado, a velocidade com que os voluntários tomavam decisões e mudavam de foco, caia conforme a idade era maior.

Vários estudos têm documentado a deterioração gradual das habilidades cognitivas ao passar dos anos. Mas neste estudo, a queda, mesmo que pequena, foi detectada pela primeira vez aos 24 anos. Para cada 15 anos que se passam após os 24, estima-se que a velocidade cognitiva caia 15%. Os resultados não mudaram pelo fato de os jogadores terem ficado melhores no jogo, ao longo do tempo. Porém o declínio relativo à idade permaneceu, mesmo entre aqueles com mais habilidade no jogo.

envelhecendo

Ficou assustado? Tenha calma!

Apesar das descobertas relevantes, esse declínio cognitivo não quer dizer que as pessoas simplesmente se tornam “caducas” nessa idade. Afinal conhecemos pessoas muito produtivas, mesmo com uma idade maior. Isso, porque segundo os pesquisadores, o cérebro compensa esse declínio de outras formas, como se basear em experiências para prever resultados ou até empregar atalhos mentais, avaliando somente o que é relevante para determinada ação.

Sendo assim, seguir aprendendo coisas novas, e colocar em nosso cérebro informações novas, pode ajudar a nivelar essa perda ao longo dos anos.

Fontes: megacurioso/time/super/   Imagens: ortrup/strombear
Comentários

Novidades

Topo