Espinhas e cólicas. Vejam motivos e saídas para estes dois incômodos da menstruação!

“Porque aparecem espinhas no rosto antes da menstruação? E qual é a razão das fortes cólicas? E porque que elas pioram quando a temperatura é fria e quando se ingere algo gelado ou frio?”  (Carla Jeque)

Carla, antes da menstruação, na famosa TPM (Tensão Pré Menstrual) é muito comum que apareçam mais espinhas no rosto. Isso se dá, pois acontecem muitas alterações hormonais nesse período. Devido a estas mudanças, a hidratação e oleosidade da pele são modificadas e com isso os poros do rosto são obstruídos fazendo com que a acne apareça. As taxas de testosterona, estrógeno e progesterona ficam totalmente desequilibradas, por esse motivo, é comum o surgimento de espinhas. Além do fator hormonal, devemos levar em conta a alimentação que se tem nesse período. O consumo de chocolate, e outros alimentos ricos em gordura, por exemplo, são fatores que contribuem para o aparecimento, aliados a alteração hormonal. O uso de anticoncepcionais pode ajudar a diminuir essas mudanças. Usados sempre, com indicação do ginecologista.

A cólica é um dos sintomas mais marcantes do período menstrual e se caracteriza pela dor na região pélvica, abaixo do umbigo. A maioria das mulheres apresenta essa característica nesse período. Isso se dá porque todo mês o útero desenvolve uma camada interior, denominada endométrio, que tem como finalidade receber o embrião. Se o óvulo não for fecundado, essa camada precisa ser eliminada, e isso acontece com a menstruação. Porém, para que o endométrio se solte do útero, são necessárias contrações. Essas contrações são provocadas por um hormônio chamado prostaglandina. A força que o útero faz para eliminar essa camada tem relação à intensidade do fluxo menstrual de cada uma. Quanto maior for o fluxo, serão necessárias mais contrações para expulsá-lo. Isso pode também variar por fatores externos. Mas, se as cólicas forem muito fortes, é preciso atenção! Vale sempre procurar seu ginecologista para fazer exames mais detalhados, e se necessária, intervenção medicamentosa.

acne-remédio

Em relação à temperatura, o frio, provoca o estreitamento dos vasos sanguíneos e com isso, a prostaglandina não tem por onde escapar, aumentando de quantidade e consequentemente, aumentando as contrações uterinas e tornando mais intensa a dor das cólicas. O frio não causará as cólicas, mas as deixará mais intensas, caso existam.

Já o calor moderado, é muito bem-vindo! Quando usamos uma bolsa de água quente, os vasos se dilatam, a prostaglandina é eliminada mais facilmente e a dor diminui.

Vale se atentar aos cuidados de sempre estar bem agasalhada nesse período, usar calçados e não utilizar gelo na região. Caso algum desses sintomas persista por muito tempo e com muita intensidade, é sempre bom procurar o especialista, para que qualquer problema que possa surgir, seja solucionado da melhor forma possível.

Fontes: entretenimento/drauziovarella/vilamulher/buscofem/  Imagens: abril/economize