Anomalias e doenças

Bebê nascido sem parte cérebro surpreende médicos ao comemorar segundo aniversário e dizer “mamãe” pela primeira vez


Para qualquer mãe, ouvir o bebê balbuciando as primeiras palavras é um acontecimento marcante. Mas para Emma Murray, mãe de Aaron, ouviu o filho dizer “mamãe” é algo surreal. Aaron inacreditavelmente está completando 2 anos de idade, contrariando as esperanças de diversos profissionais de saúde.

Aaron sofre de uma condição conhecida como holoprosencefalia, conhecido anteriormente como arinencefalia, que consiste de um defeito estrutural no cérebro,  caracterizado pela ausência do desenvolvimento do lóbulo frontal. O transtorno acontece quando durante o desenvolvimento do embrião não aconteceu a divisão do lóbulo frontal do cérebro  para formar os hemisférios cerebrais bilaterais (as metades esquerda e direita do cérebro), causando defeitos no desenvolvimento da face e na estrutura e o funcionamento do cérebro.

Emma foi comunicada logo após o parto de que o bebê havia nascido com holoprosencefalia e que sua condição era incompatível com a vida. Os médicos pediram que os familiares fossem ao hospital conhecer o bebê antes de seu falecimento. Mas para surpresa de todos, Aaron está completando 2 anos de idade e não apenas está vivo como também parece gozar de saúde. O bebê ri, bate palmas e acabou de balbuciar “mamãe”, o que deixou toda a família muito emocionada.

Fomos informados que Aaron sempre teria a idade mental de um recém-nascido, mas podemos ver que ele é muito mais consciente do que isso. ”, diz a mãe emocionada.

Sem-Título-2

Fonte: dailymail  Imagens: dailymail
Comentários

Novidades

Topo