Anomalias e doenças

Adolescente que suportava um tumor facial do tamanho de uma bola de futebol, ganha cirurgia de remoção em hospital-navio (veja fotos)



Grace, uma adolescente da República Democrática do Congo desenvolveu um tumor ósseo na mandíbula que deveria ter sido tratado nos estágios iniciais, mas acabou sendo negligenciado e ganhou dimensões chocantes. O tumor, que já alcançava o tamanho de uma bola de futebol, dificultava a jovem de comer, beber, além de atrapalhar muito sua respiração e causar dores insuportáveis.

Os médicos acreditam que o tumor teve início através do descontrole de algumas células responsáveis pela formação do esmalte dos dentes. Apesar de ir a vários médicos em busca de ajuda, nos hospitais do congo nenhum profissional conseguiu ajuda-la e a menina ficou boa parte da infância e da adolescência sem tratamento. “Tudo começou a partir de um pequeno inchaço no interior da boca e as gengivas começaram a crescer pouco a pouco. Fomos para o hospital e eles não sabiam o que era e não fizeram nada”, disse Christine, mãe de Grace.


Felizmente, médicos do Africa Mercy, um hospital-navio que conta com médicos e profissionais de saúde voluntários de 30 diferentes nacionalidades, ficaram comovidos com o caso da menina e de toda a proporção em que o tumor alcançou. A equipe encarou uma cirurgia complexa de 4 horas de duração para remoção do tumor. Felizmente, tudo correu bem, diante da dimensão do tumor e da agressividade com o qual ele atingiu a mandíbula de Grace, foi inevitável que ficassem cicatrizes. Fora isso, a menina está curada!

A empresa Mercy Ships comanda o mais completo hospital-navio do mundo. O Africa Mercy fornece serviços médicos, incluindo cirurgias complexas, para as pessoas mais necessitadas do mundo. Cerca de 1.600 voluntários, entre médicos, enfermeiros e professores de vários países contribuem com trabalho, completamente de graça.

gracetumor

scan

Grace-(2)

 

gracetumor2

Fonte: mirrorjornalciencia/mercyships/  Imagens: mirror
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.